Tags

Vencer a burocracia, descobrir exatamente com quem conversar e quais documentos juntar em alguma solicitação ou processo.

Esses são alguns dos desafios dos empresários quando precisam resolver alguma demanda com órgãos do poder público, seja na esfera municipal, estadual ou federal. Problemas ainda podem ocorrer no relacionamento com empresas vizinhas, o que torna a resolução das necessidades ainda mais delicada.

Para agilizar o desenvolvimento de novos projetos pelas empresas sorocabanas, ou facilitar a sua relação com a administração municipal e com outros órgãos estaduais e federais, a Prefeitura de Sorocaba criou, a partir da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, uma equipe de Assessoria Técnica Especial para, identificada a necessidade da empresa, prestar consultoria e assessoria no sentido de promover a integração das reivindicações com a possibilidade de resolução pelos órgãos públicos.

Conforme a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, as demandas são as mais variadas e passam pela solicitação de mudança de fluxo de ruas, rebaixamento de guias, parcelamento de taxas, entre outros aspectos.

‘Muitas vezes a empresa, sobretudo a pequena e de médio porte, não sabe com quem conversar e quais procedimentos tomar junto à CETESB, SAAE, ou internamente, na estrutura das secretarias municipais. O que fazemos é auxiliar a empresa a apresentar as suas reais necessidades, expondo o ganho para o município e para a cidade de um eventual projeto de expansão ou reforma”, destaca Helenir Rosa Lima, que atua como gerente de muitos desses projetos a  partir da Secretaria de Desenvolvimento. Junto com Helenir, fazem parte dessa equipe os técnicos Paulo Sérgio Montoro, José Marcos Trindade, Erasmo de Almeida Moreira e José Luis Rossi.

Empresas interessadas em receber a assessoria desse grupo podem procurar a Secretaria de Desenvolvimento Econômico que funciona na sede da Universidade do Trabalhador (Uniten), na Avenida General Osório, 1840, telefone (015) 3316-1642.

Grandes empresas tem suporte próprio

Para empresas de grande porte foi criado, além da assessoria técnica da Prefeitura de Sorocaba, um Grupo de Análise Conjunta de Projetos Especiais (GAPE). Para terem seus projetos analisados por esse grupo, com componentes de várias secretarias municipais, a empresa deve ter área de expansão ou reforma superior a 1.000m2; receita bruta de R$ 3,6 milhões por ano ou empregar mais de 100 pessoas. Atendido a dois desses quesitos o estabelecimento já se torna apto a ser avaliado pelo GAPE que deve responder às suas solicitações em pouco tempo – estima-se a média de 40 dias.

Atendimento aos microempreendedores

Não são somente as grandes empresas que recebem apoio da Prefeitura Municipal para vencer a burocracia e implementar mais rapidamente os seus projetos. Os microempreendedores individuais podem ter acesso aos mesmos recursos no Espaço Empreendedor e no Banco do Povo Paulista. As duas entidades, também ligadas à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, oferecem serviços e apoio técnico gratuito para os profissionais deste segmento. O auxílio vai desde o processo de regularização do microempreendedor, ajuda para a emissão das notas fiscais, obtenção de crédito à outras necessidades.

O Banco do Povo Paulista e o Espaço Empreendedor funcionam na Avenida Afonso Vergueiro, 1927, telefone (015) 3229-2370.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios