Tags

O Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba (IHGGS) realizou na noite de quarta-feira (31) uma cerimônia de imposição do Colar Comemorativo ao Centenário do Tiro de Guerra de Sorocaba.

O prefeito José Crespo, o secretário de Segurança e Defesa Civil, José Augusto de Barros Pupin, o vereador Fernando Dini entre outras autoridades, receberam a honrosa condecoração. A cerimônia foi presidida pelo Presidente do IHGGS, Adilson César.

O evento proporcionou a reflexão sobre a importância do Tiro de Guerra 02040 de Sorocaba, que em sua evolução histórica desenvolve ações relevantes à sociedade. Sua principal finalidade é além de formar o reservista pronto para defender a honra do país, é formar o cidadão ético, trabalhador e solidário. “Se pensarmos no centenário como idade de uma pessoa, consideramos como um ganho extra em sua vida, mas ao pensarmos no centenário da instituição Tiro de Guerra, percebemos que ainda estamos na infância. Sua finalidade é formar cidadão éticos e aptos a atuarem pelo bem da sociedade e pela grandeza de nosso país”, ressaltou Adilson César.

O subtenente Paulino Santos destacou que a história do Tiro de Guerra apresenta e confirma que esses 100 anos valeram e vale à pena para a honra e ordem da cidade e do país.

Crespo, que foi atirador do Exército, destacou que se há algo que alguém pode conquistar na juventude e carregar pelo resto da vida, são os valores. “Valores estes que carrego até hoje. O Tiro de Guerra é uma escola de disciplina, solidariedade e integridade. Valores que todo ser humano precisa para conviver e atuar em sociedade. Neste ambiente de respeito, de tanta solidariedade e do amor ao próximo, temos a certeza que aqui está a solução para todos os problemas nacionais. Parabéns a todos os atiradores aqui presentes”, finalizou Crespo.

Para encerrar a cerimônia que foi marcada por emoção, lembranças e orgulho de todos os atiradores homenageados, o general do Exército João Camilo Pires de Campos emocionou ainda mais os presentes. “Senhores atiradores, ao ingressar no Tiro de Guerra, o seu chefe de instrução, bem como hoje faz o subtenente Paulino, lhe deu uma mochila. Uma mochila virtual. Ela é pequena, porque é a mochila da felicidade. Dentro dela só cabem coisas pequenas e simples, por isso é que é mochila da felicidade. Nela há 3 coisas, as lembranças, os amigos e valores”, finalizou o General.

Também estiveram presentes o general do Exército João Camilo Pires de Campos, general do Exército Adalmir Manoel Domingues, coronel Cláudio Moreira Bento, coronel PM Helena dos Santos Reis, subtenente Paulino Santos, Laelso Rodrigues e Fernando Negrão Duarte.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios