Tags

,

Cada vez mais, educar é incluir, acolher, reduzir fronteiras entre as pessoas. Nesse sentido, é essencial garantir a comunicação entre todos, dentro e fora da escola, principalmente aqueles com algum tipo de deficiência.

Pensando nisso, o diretor da escola municipal Dr. Getúlio Vargas, professor José Adão Neres de Jesus, organizou um curso gratuito de Língua Brasileira de Sinais – Libras dentro da unidade, para professores das redes municipal e estadual de ensino.

Oferecido em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFSP, o programa tem o objetivo de contribuir para fortalecer a comunicação dos professores com os alunos deficientes auditivos.

As inscrições para o curso, que tem 42 horas-aula distribuídas em 12 encontros presenciais, foram abertas pelo site da Secretaria da Educação e esgotaram em poucas horas. “Essa é mais uma prova do nosso empenho em adaptar a nossa estrutura humana às necessidades de quem tem uma deficiência e precisa ser acolhido como todas as outras pessoas”, explica o professor Adão.

A partir dessa primeira turma do curso, formada por 50 participantes, a expectativa da Secretaria da Educação é ampliar a parceria com o IFSP e oferecer esse tipo de formação a cada vez mais professores, aprimorando ainda mais o atendimento às crianças e aos adolescentes com necessidades especiais.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios