Tags

O cantor suíço Marc Sway, jurado do programa The Voice na Suíça, fez na tarde desta terça-feira, (30), um show acústico no CEI 7 para as crianças da unidade e da Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Sorocaba – Apadas.

Um dos embaixadores da Hear the World Foundation, que tem entre seus apoiadores nomes como Sting, Bryan Adams, Annie Lennox, Cindy Crawford e Plácido Domingo, Marc veio ao Brasil para conhecer de perto o trabalho da Apadas, que por duas vezes teve projetos patrocinados pela fundação.

A Hear the World Foundation foi criada em 2006 e atualmente apoia mais de 80 projetos em 39 países. No Brasil, a única entidade escolhida para receber o apoio da HWF é a Apadas. Com 28 anos de história, a associação sorocabana atende gratuitamente de 800 a 1.000 pessoas por mês. Seu trabalho vai desde o diagnóstico e a triagem auditiva até o acompanhamento psicológico aos pacientes e suas famílias, passando pela indicação e doação de aparelhos.

“É muito gratificante saber que o trabalho da nossa equipe repercute em outros contextos por prestar um serviço de qualidade internacional. Isso atrai novos recursos e aumenta as nossas possibilidades de atender cada vez melhor os nossos pacientes”, explica a fonoaudióloga Maria Angelina Nardi Martinez, fundadora da Apadas.

Com o apoio da Hear the World Foundation, a Apadas iniciou no ano passado um intenso esforço de capacitação de 48 fonoaudiólogos para atender pacientes em 48 municípios.

A diretora do CEI 7, professora Patricia Cristina Camargo Fernandes, comemora a parceria da Associação de Pais e Mestres da unidade com a Apadas. “Estamos de portas abertas para projetos que tenham como objetivo a saúde e o bem-estar da comunidade, e esse é um trabalho da maior importância”, diz.

O cantor Marc Sway comemorou a visita como um dos instantes mais especiais de sua carreira. “Minha mãe é brasileira, baiana, e vir ao Brasil é sempre uma experiência especial. Mas desta vez foi incrível. Conhecer o trabalho da Apadas e o seu empenho em ajudar as pessoas a ouvir, a falar e a se comunicar cada vez mais cedo me emocionou profundamente”, confessou o artista.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios