Tags

Depois da benção à tropa durante o desfile de cavaleiros, realizado na manhã deste domingo (28), a cultura tropeira foi reverenciada no Casarão de Brigadeiro Tobias, onde aconteceu a tradicional Feira do Rolo, uma das formas mais antigas de trocas, como contou Álvaro Augusto Antunes de Assis, organizador do evento.

Para ele, é uma oportunidade tanto de fazer negócio como de manter uma tradição. Na feira, os participantes levaram itens relativos a cultura tropeira, como celas, celeiros e facas.

O aposentado Francisco Carlos Rodrigues participou da feira e levou, para a troca, uma de suas facas produzidas artesanalmente e que é uma réplica da famosa faca sorocabana. “Acho importante este evento pois isso valoriza nossa cultura” falou.

A aposentada Maria Augusta Meira Galli também elogiou o evento. Ela que foi para a tropeada fez questão de ir também à Feira do Rolo para reverenciar a cultura tropeira.

Quem participou da feira pôde ainda conferir a exposição tropeira que ocorre no mesmo local, com objetos e outras referências da cultura tropeira da região.

Até dia 31

As atividades da Semana do Tropeiro se estendem até o dia 31 (quarta-feira). Até a data, é possível visitar a exposição O tropeiro, na Biblioteca Infantil “Renato Sêneca de Sá Fleury” (rua da Penha, 673, Centro). A exposição reúne figuras, miniaturas, ilustrações e objetos sobre a vida do tropeiro, além das curiosidades sobre o dia a dia das viagens, animais e transportes. O horário de visita é das 8h às 17h e a entrada é gratuita.

Ainda na Biblioteca Infantil acontece, no dia 31, a oficina de Culinária Tropeira para Crianças, onde será apresentado um prato tradicional ligado ao tropeirismo e de fácil confecção. Durante o preparo, as crianças ouvirão histórias e curiosidades sobre o tropeiro.

A oficina será ministrada, das 14h às 16h, pela culinarista e arte-educadora Paula Cristina Minatogawa. Ainda há vagas e a atividade é destinada a crianças de 7 a 12 anos.

Também no dia 31 o pesquisador José Rubens Incao conduzirá o passeio cultural “No Caminho das Tropas”, que percorrerá alguns trechos urbanos utilizados pelos tropeiros. O encontro será na Praça 9 de Julho, que serviu de local de partida e chegada das tropas vindas do Sul.

O trajeto seguirá pelas ruas Moreira César, Penha, Professor Toledo, Cesário Motta e finalizará na Praça Frei Baraúna, local utilizado no século 19 para as famosas Cavalhadas de Sorocaba, ou seja, a dramatização entre dois grupos de cavaleiros representando a luta entre mouros e cristãos.

O passeio acontece das 19h30 às 21h e é aberto aos interessados maiores de 12 anos. As inscrições para as oficinas acontecem na Biblioteca Infantil localizada na rua da Penha, 673, Centro. Informações pelo telefone (15) 3231-5723.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios