Tags

,

O prefeito José Crespo apresentou à imprensa, na manhã desta quinta-feira (25), os membros da Promotoria Econômica.

Trata-se de uma equipe criado exclusivamente para a captação de recursos via convênios ou financiamentos para obras, projetos e programas para a cidade de Sorocaba, seja do governo federal, em Brasília; do governo do Estado, por meio de parcerias público-privadas; e em fundos nacionais e internacionais.

“Vamos aumentar a velocidade de todos os nossos processos e reduzir o tempo final para a metade”, prevê o prefeito.

A Promotoria Econômica será coordenada pelo engenheiro civil Alceu Segamarchi Júnior, um servidor do governo do Estado cedido ao município, que passa a ocupar em Sorocaba a função de chefe do Gabinete do Poder Executivo, equivalente ao status de secretário municipal, porém sem custos ao município. “Continua recebendo salário do Estado, não vai nos custar um centavo”, ressaltou José Crespo.

Uma das profissionais desta nova equipe será Fernanda Mariano, a única residente em outra cidade (Brasília). Ela exercerá a atividade de obter informações com as equipes de trabalho dos ministérios do governo federal e no Congresso Nacional a respeito de convênios e financiamentos, para junto com o restante dos membros da Promotoria Econômica preparar os projetos do município e adequá-los às necessidades previstas. “Pela experiência profissional em ministérios e na Câmara Federal, eu conheço as dificuldades de trânsito nesses locais”, declarou.

Os demais profissionais que compõem a Promotoria Econômica são todos servidores municipais técnicos, que já trabalham na Prefeitura: César Pederiva, Hudson William, Calixto Silva, Jéssica Pedrosa, Mirian Zacarelli, Suelei Gonçalves, Liliana de Jesus, Roberta Bernardi e Sâmio Silva. Além deles também estarão profissionais da gerência regional da Caixa Econômica Federal em Sorocaba, liderados pela superintendente Célia Marisa Molinari de Matos.

Alceu Segamarchi Júnior foi secretário nacional
O engenheiro civil Alceu Segamarchi ocupou até recentemente o cargo de secretário nacional de Saneamento do Ministério das Cidades, em Brasília. É formado em engenharia civil pela PUC de Campinas, foi engenheiro de obras da Fepasa, superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAAE) do Estado de São Paulo, diretor da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e diretor do Departamento de Patrimônio Imobiliário da Prefeitura de São Paulo.

Fernanda Mariano tem vivências em ministérios

Fernanda Mariano tem experiências profissionais profissionais que contribuíram para criar relacionamentos em todos os órgãos ministeriais, favorecendo a agilidade que terá de ter para o encaminhamento de projetos para análise, além do relacionamento com assessores de parlamentares na resolução dos problemas apresentados pelos ministérios.

Ela é graduada em Gestão Pública e pós-graduanda em Administração Pública e Gerência de Cidades (MBA). Foi assessora parlamentar no Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e na 4ª Secretaria da Câmara dos Deputados, com verificação dos pedidos dos entes interessados e encaminhamentos para áreas técnicas, verificando também os sistemas estruturantes do governo federal, tais como Sistema de Gestão de Convênios e Instrumentos de Repasse (Sincov) e Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI).

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios