Tags

Apesar da chuva que caiu nesta quinta (18) e sexta (19), a avaliação dos artesãos que expõem seus trabalhos na Feira de Artesanato é positiva. Eles analisam o regresso da Feira de Artesanato de Sorocaba para a Praça Coronel Fernando Prestes, no centro da cidade, como benéfica para a economia local e, sobretudo, um importante meio para apresentar seus trabalhos para um número maior de pessoas.

Após vinte anos a tradicional feirinha voltou a ocupar, na última segunda-feira (15) seu espaço na área com maior movimentação de pessoas da região central, onde, conforme a artesã Sandra Schmidt, de 57 anos, a possibilidade de demonstrar seus produtos é muito maior. Ela, que há sete anos trabalha com a produção de compotas, geleias, pimentas e conservas, com insumos e frutas provenientes de seu sítio em Pilar do Sul, apontou a felicidade de expor em um local com maior fluxo de pessoas. “Conto com a ajuda do meu marido Rubens, e aqui podemos ter um retorno maior, nos beneficia muito”.

Quem compartilha com a opinião de Sandra é a sua colega, Maria Aparecida, de 74 anos que há 27 desenvolve atividades como artesã e comercializa produtos como chinelos. “É uma benção isso, ter voltado para aqui, estamos muito felizes”, destacou a comerciante.

A Feira de Artesanato é organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda em parceria com o Fundo Social de Solidariedade e deve ser realizada todo mês, em cronograma ainda a ser definido, na Praça Coronel Fernando Prestes.

Retornar para a Praça Central era uma antiga reivindicação das duas entidades que congregam os artesãos, a Associação Sorocabana de Artesanato e a Novos Rumos.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios