Tags

Considerando os relevantes serviços prestados pela Polícia Civil na cidade de Sorocaba em prol da segurança da população, bem como o atendimento realizado nos estabelecimentos policiais, a Câmara Municipal de Sorocaba promoveu uma sessão solene, na noite de quinta-feira, 18, em homenagem aos profissionais da instituição.


A iniciativa da homenagem foi do vereador Hudson Pessini (PMDB), que ressaltou a importância dos profissionais da Polícia Civil para a segurança da população.

Além de Hudson Pessini, a mesa de honra da solenidade foi composta pelas seguintes autoridades: delegada de polícia e vice-prefeita Jaqueline Coutinho; major Sandro Moreira Alves, representando o comandante do CPI-7, coronel Antonio Valdir Gonçalves; José Aparecido Sanches Severo, diretor do Deinter-7; delegado Marcelo Carriel, delegado secional de Sorocaba; e major Miguel Ângelo de Campos, comandante interino do 15º Grupamento de Bombeiros.

Foram homenageados delegados de polícia da ativa e inativos, escrivães de polícia e investigadores, além de setores e outras autoridades da Polícia Civil, bem como as unidades de polícia, como os distritos policiais. Também foram feitas homenagens póstumas aos investigadores Antônio Carlos Vieira Neto e Marcos Bonilha Bravo e ao delegado de polícia Maurício Blazeck, sorocabano que foi delegado geral da Polícia Civil no Estado. Em seu discurso de saudação aos homenageados, Hudson Pessini ressaltou o trabalho abnegado e heroico realizado pelos profissionais da Polícia Civil.

Instituição histórica – As origens da Polícia Civil do Estado de São Paulo remontam a 1841, quando ela foi criada no âmbito da então Secretaria dos Negócios da Justiça, tendo como primeiro chefe de polícia o conselheiro Rodrigo Antonio Monteiro de Barros. No ano seguinte foi criado o cargo de delegado de polícia e, em 1905, a Polícia Civil tornou-se uma instituição de carreira, por meio da Lei nº 979, aprovada pelo então Congresso Estadual de São Paulo.

A Polícia Civil passou por várias transformações ao longo do tempo. A Constituição de 88, em seu artigo 144, define os órgãos da segurança pública, entre eles, as Polícias Civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira e incumbidas, ressalvada a competência da União, das funções de polícia judiciária e da apuração de infrações penais, exceto as militares. O evento em homenagem à Polícia Civil contou também com apresentações musicais da cantora Eliza Machado (voz e violão).

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios