Tags

Na tarde desta terça-feira (16), em reunião no Paço Municipal com a diretoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFSP, o prefeito José Crespo solicitou um prazo maior, até 30 de junho, para tomar uma decisão sobre a liberação do prédio ocupado pela escola municipal Matheus Maylasky, que passaria a abrigar os cursos do IFSP.

Até o fim desse prazo, a Prefeitura deverá receber uma proposta definitiva, por escrito, ressaltando as intenções do instituto. Entre as possibilidades, aventou-se a ideia da utilização compartilhada do prédio do Maylasky, que será estudada e discutida nos próximos encontros entre a Prefeitura e o instituto.

Em contrapartida, a instituição se dispôs a oferecer o Ensino Médio Integrado para os alunos do Maylasky, que após concluírem o 9° ano do Ensino Fundamental dariam sequência a sua formação nas instalações em que já estudam atualmente.

Para o prefeito José Crespo, é preciso critério e planejamento para a mudança. “Não vamos tomar nenhuma decisão no afogadilho. Estamos falando dos nossos estudantes, portanto é preciso tempo e cuidado para tomarmos qualquer decisão”, disse no encontro.

A secretária da Educação, Marta Cassar, reforça o compromisso da Prefeitura em fazer uma escolha que seja a melhor para todos. “Não teremos nenhum prejuízo para nenhuma das partes envolvidas.

Sairão ganhando tanto os alunos do Maylasky, que terão instalações próprias, quanto toda a comunidade, que irá ganhar uma instituição de ensino superior muito importante”, concluiu.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios