Tags

O processo de licitação promovido pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba para a implantação do sistema produtor da Estação de Tratamento de Água Vitória Régia (ETA Vitória Régia) atraiu nove empresas interessadas, que apresentaram os envelopes contendo a documentação exigida e as propostas comerciais.

A abertura dos envelopes com os documentos ocorreu no auditório do Centro Operacional da autarquia, cujos conteúdos estão agora sendo conferidos e analisados pela Comissão Especial Permanente de Licitações. Num segundo momento, até o próximo dia 22/05, a documentação será também analisada pelos representantes das próprias empresas participantes, e a partir de então serão definidas as empresas que seguem no processo, com a abertura dos envelopes contendo as propostas comerciais e a definição da vencedora, que terá o prazo de 30 meses para concluir as obra.

As nove empresas participantes são as seguintes: Consbem Construções e Comércio Ltda.; Construtora Passarelli Ltda.; Goetze Lobato Engenharia Ltda.; e os consórcios Augusto Velloso/CTPB (Centroprojekt do Brasil S/A e Construtora Augusto Velloso S/A); OAS-HES (OAS Engenharia e Construção S/A e Hagaplan Engenharia e Serviços Ltda.); Etesco – Melhor Forma (Etesco Construções e Comércio Ltda. e Melhor Forma Construtora Ltda.; Vitória Régia (Construtora Novasan Ltda., Comim Construtora Eireli e Enops Engenharia Ltda.); Elevação – Cesbe (Construtora Elevação Ltda. e Cesbe S.A. Engenharia e Empreendimento); e TCI (Trail Infraestrutura Ltda., Crisciúma Companhia Comercial Ltda. e Itajuí Engenharia de Obras Ltda.).

Projeto inovador
O valor estimado da obra de implantação da ETA Vitória Régia é de R$ 99.358.214,32. Desse total, R$ 48.090.258,06 são de financiamento do programa Saneamento para Todos, do Governo Federal; R$ 21.846.812,19 de contrapartida financiada pela Caixa Econômica federal e R$ 29.421.144,07 de contrapartida com de recursos próprios da autarquia.

A área onde será implantada a ETA Vitória Régia possui 166 mil metros quadrados, com localização nas proximidades do Conjunto Habitacional “Herbert de Souza”, zona norte da cidade, e acesso pela avenida Antônio Silva Saladino. Desde o final do ano passado, a área vem sendo preparada para o início das obras, recebendo intervenções de terraplanagem.

A nova Estação de Tratamento de Água terá algumas características inovadoras, incluindo a captação de água bruta diretamente no rio Sorocaba e processamento da água a base de ozônio. Compacta e empregando o que há de mais moderno em tecnologia de saneamento, a ETA Vitória Régia será totalmente automatizada e terá capacidade para tratar, inicialmente, 750 litros de água por segundo, com ampliação prevista para 1.500 litros por segundo, numa segunda etapa.

Atualmente, Sorocaba possui um sistema de tratamento e distribuição que possibilita a produção de 2.500 litros de água tratada por segundo, formado pelas Estações de Tratamento de Água do Cerrado e do Éden.
Cidade toda será beneficiada
Com a implantação da ETA Vitória Régia, não apenas a zona norte será beneficiada com o empreendimento, visto que o novo sistema será interligado ao atualmente existente.
Desta forma, as ETAs Cerrado e Éden, e as represas do Clemente (Itupararanga), Ferraz e Ipaneminha trabalharão de forma integrada, contribuindo para a ampliação da capacidade de adução, tratamento e distribuição da cidade como um todo.

Anúncios