Tags

Turva e com mau cheiro. Esta é a condição da água que há dois dias chega às torneiras dos condomínios Copaíba, Manacá, Jerivás e Jatobá, que pertencem ao Residencial Carandá, na Zona Norte de Sorocaba.

Segundo relatos dos próprios moradores, algumas famílias teriam apresentado quadro de intoxicação após consumirem a água.

Ao tomar conhecimento da situação, a vereadora Iara Bernardi (PT), presidente da Comissão de Habitação da Câmara, protocolou requerimento, nesta quarta-feira (10), questionando a Prefeitura sobre o ocorrido.

No documento, Iara indaga, entre outros pontos, se a vigilância sanitária está ciente do fato e quais providências serão tomadas. “Estamos falando de saúde pública. É muito perigoso que as famílias destes condomínios continuem consumindo essa água”, alertou. “Queremos saber quando e quem vai resolver o problema”, disse. O requerimento deve entrar em pauta na sessão ordinária da Câmara desta quinta-feira (11).

Reunião com síndicos do Carandá

O problema com a água e outras questões que envolvem o residencial Carandá serão discutidas numa reunião marcada para amanhã, 11, às 14 horas, na sala de reuniões da Câmara Municipal. A discussão, chamada pela Comissão de Habitação da Casa – presidida pela vereadora Iara e composta pelos vereadores Wanderley Diogo (PRP) e Vitão do Cachorrão (PMDB) – deve reunir síndicos do residencial com o objetivo de levantar as principais demandas e possíveis melhorias no local.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios