Tags

A Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária da Prefeitura de Sorocaba informa que a administração passada gerou uma expectativa infundada, junto aos candidatos a beneficiários dos 2.160 apartamentos do Jardim Altos do Ipanema, ao realizar um sorteio de vagas para suplentes e não reforçar essa condição aos participantes.

De acordo com o que foi apurado, o sorteio que definiu os nomes para ocupar os imóveis foi promovido no dia 16/5/15. A legislação federal prevê que haja a reserva de 30% além do número total de apartamentos, o que não se conseguiu naquela ocasião. Por isso, a administração passada promoveu o cadastramento de 6.774 participantes para o sorteio de suplentes, o segundo sorteio.

Desse total, o governo sorteou cerca de 500 famílias e providenciou toda a documentação para permanecerem como reservas das famílias sorteadas em 2015. A reserva é importante, porque sempre há famílias que não conseguem ocupar os imóveis. Desde o sorteio de 2015, houve os que deixaram de comparecer ou não conseguiram comprovar os requisitos exigidos para terem direito aos apartamentos.

São os reservas que ocuparão os apartamentos que deixarão de ser destinados para os casos de desistências ou inconsistências nas documentações. E elas ocorrem como se pode ver nesses primeiros meses do ano, já que dos sorteados para a reserva em 2016, 88 deles já progrediram para o grupo dos sorteados titulares.

O problema foi o fato de a administração passada ter classificado os suplentes de “titulares remanescentes e reservas”. Essa denominação levou essas pessoas a acreditar que não dependeriam do insucesso de outras famílias sorteadas antes para conquistarem os apartamentos.

A atual administração informa que não pode mudar o que foi feito anteriormente, mas que ficará atenta para garantir que os sorteados venham a ocupar os apartamentos. Caso estes não consigam, o esforço será para que os suplentes o façam.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios