Tags

Atendendo solicitação do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis e de Condomínios (Secovi), o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba realizou no início desta semana uma palestra na sede da entidade, no bairro de Santa Terezinha, enfocando a individualização de hidrômetros, em encontro que reuniu síndicos e administradores de condomínios.

Apresentada pelo engenheiro Rodolfo Barboza, um dos diretores da autarquia, a palestra teve como objetivo orientar e esclarecer dúvidas sobre a individualização de hidrômetros em condomínios, que é obrigatória em Sorocaba nos condomínios implantados a partir de 2009, com a promulgação da Lei 8.610, mas que também pode ser implantada em empreendimentos mais antigos, desde que obedecidas as normas técnicas estabelecidas.

Os síndicos e administradores presentes também foram orientados sobre os procedimentos que devem ser observados para os serviços de leitura, faturamento e emissão de contas individualizadas em condomínios, que a autarquia passou a realizar a partir do ano passado, com o decreto 22.227/2016.

No que diz respeito, especificamente, à leitura e emissão de contas individuais pelo Saae, os síndicos e administradores presentes ao encontro foram informados sobre os procedimentos e documentos necessários para a solicitação do serviço junto à autarquia (ata de reunião com aprovação dos condôminos e projeto hidráulico do condomínio, entre outros), bem como foram orientados sobre os posicionamentos corretos dos hidrômetros dentro dos condomínios, para que as leituras possam ser realizadas mensalmente.

Ainda no caso das leituras e emissão de contas individuais nos condomínios, os presentes foram orientados sobre as suas responsabilidades, tais como a preservação, conservação e manutenção das instalações hidráulicas; a entrega das contas a cada um dos condôminos; e a detecção, apuração e resolução de possíveis intervenções irregulares nos hidrômetros individuais (fraudes/violações), assim como também foram informados sobre as responsabilidades da autarquia, como as leituras no hidrômetro principal e em cada unidade autônoma; emissão das contas individuais; e realização dos cortes do fornecimento de água nos casos de inadimplência e religação após a regularização.

Na oportunidade, o engenheiro palestrante da autarquia enfatizou que, no caso das instalações hidráulicas, a responsabilidade da autarquia vai até o hidrômetro principal, localizado na fachada do condomínio, e que qualquer intercorrência interna, incluindo nos hidrômetros de cada unidade habitacional, a responsabilidade pela manutenção é do condomínio.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios