Tags

Dando continuidade à série de visitas aos Legislativos da Região Metropolitana de Sorocaba, com o objetivo de discutir os problemas comuns aos 27 municípios que a compõem, o presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, vereador Rodrigo Manga (DEM), visitou a Câmara Municipal de São Roque, na noite de segunda-feira, 10, durante a sessão ordinária daquela Casa de Leis. Manga foi recebido pelo presidente do Legislativo de São Roque, vereador Newton Dias Bastos (PP).

Ao fazer uso da tribuna, Rodrigo Manga explicou sua proposta de arregimentar as Câmara Municipais da Região Metropolitana de Sorocaba com o objetivo de diagnosticar os problemas comuns da região e buscar soluções para esses problemas, em diversas áreas, como saúde, geração de emprego, dependência química, meio ambiente, entre outras.

O presidente do Legislativo sorocabano convidou os vereadores de São Roque para participarem do I Encontro das Câmaras Municipais da Região Metropolitana de Sorocaba, que será realizado no próximo dia 24 de abril, às 9 horas, no plenário da Câmara Municipal de Sorocaba. “O tema desse primeiro encontro será o combate à dependência química”, explicou Manga, ressaltando que esse é um problema que ultrapassa as fronteiras dos municípios e exige um esforço conjunto da sociedade para ser enfrentado.

O vereador Newton Dias Bastos, presidente da Câmara de São Roque, agradeceu a visita do presidente do Legislativo sorocabano e elogiou sua iniciativa de discutir conjuntamente os problemas da região. O parlamentar enfatizou que a Câmara de São Roque, que conta com 15 vereadores, está à disposição para participar do encontro em Sorocaba e debater os assuntos comuns da região.

Região Metropolitana – Sexta cidade da região a ser visitada pelo vereador Rodrigo Manga, São Roque, com 87.506 habitantes, foi fundada em 16 de agosto de 1657 pelo capitão Pedro Vaz de Barros, de uma linhagem de bandeirantes, que se estabeleceu na região com cerca de 1.200 índios e batizou suas terras com o nome do santo de sua devoção. Mais tarde, imigrantes italianos e portugueses cultivaram vinhedos na região. Em 1832, o distrito de São Roque foi elevado à condição de vila e, em 1864, à categoria de município.

Segundo dados da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), relativos a 2014, a Região Metropolitana de Sorocaba – criada pela Lei Complementar Estadual nº 1.241, de 8 de maio de 2014, e composta por 27 municípios – conta com mais de 1,805 milhão de habitantes, dos quais 652.481 residem em Sorocaba, segundo a última projeção do IBGE. Além de Sorocaba, sua cidade-sede, é composta pelos seguintes municípios: Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itapetininga, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios