Tags

Continuamos a detalhar o projeto de webcidadania Índice de Transparência do Poder Legislativo de Sorocaba”, em parceria com Observatório Social Brasil (OSB) Sorocaba, onde iremos hoje falar sobre como é Calculado o Índice de Transparência.

Lembrando que já detalhamos nos posts anteriores, os quatro temas relativos à transparência, os chamados de Dimensões da Transparência e os diferentes pontos de vista, os chamados de critérios de avaliação.

É por meio da interação entre ‘dimensões’ e ‘critérios de avaliação’ que se calcula o Índice de Transparência do Poder Legislativo e suas diversas facetas, pois desta interação emergem diversos índices parciais de transparência.

O cálculo do índice de transparência de cada interação dimensão x critério é dado pela média aritmética simples de determinado critério aplicado aos indicadores que compõem a respectiva dimensão.

Como foram definidos quatro dimensões e quatro critérios de avaliação, calcula-se a princípio 16 índices parciais de transparência, um para cada interação.

Uma vez calculados os valores do índice para cada uma das 16 interações dimensão x critério, são calculados índices por dimensão e, também, índices por critérios. Assim, é possível avaliar o órgão legislativo, por exemplo, especificamente quanto à transparência legislativa, ou ainda quanto ao critério totalidade, e assim por diante.

O cálculo do Índice de Transparência por Dimensão é feito computando-se a média aritmética simples dos índices de transparência por interação dimensão x critério de uma determinada dimensão. Assim, por exemplo, o Índice de Transparência da Dimensão Transparência Legislativa é dado pela média aritmética simples dos índices de transparência obtidos em cada um dos quatro critérios para a dimensão Transparência Legislativa.

O cálculo do Índice de Transparência por Dimensão é feito computando-se a média aritmética simples dos índices de transparência por interação dimensão x critério de uma determinada dimensão. Assim, por exemplo, o Índice de Transparência da Dimensão Transparência Legislativa é dado pela média aritmética simples dos índices de transparência obtidos em cada um dos quatro critérios para a dimensão Transparência Legislativa.

Analogamente, o cálculo do Índice de Transparência por critério é feito computando-se a média aritmética simples dos índices de transparência por interação dimensão x critério de um determinado critério. Assim, por exemplo, o Índice de Transparência do critério Totalidade é dado pela média aritmética simples dos índices de transparência obtidos em cada uma das quatro dimensões para o critério Totalidade.

Por fim, calcula-se o Índice Geral de Transparência do Poder Legislativo, dado pela média aritmética simples dos índices de transparência por dimensão.

Assim definido, o Índice Geral de Transparência e todas as suas subpartes assumem valores que variam de 0 a 1, quanto mais próximo de 1, maior o nível de transparência do órgão.

Sugere-se a categorização dos resultados em cinco níveis de transparência, de acordo com o valor do Índice Geral de Transparência obtido pela casa legislativa, de maneira que fique facilitada a visualização dos pontos fortes e fracos do órgão no que diz respeito aos vários aspectos da transparência mensurados pela metodologia aqui descrita:

Cálculo de Índice de Transparência

Cálculo do Índice de Transparência

Matriz de cálculo do Índice de Transparência do Poder Legislativo

Matriz de cálculo do Índice de Transparência do Poder Legislativo

 

 

Anúncios