Tags

Neste domingo (09), Dia de Ramos, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins, fará a doação de mudas de árvores para os cidadãos que participarem das missas em 19 paróquias da cidade.

A atividade educativa surgiu depois de um encontro entre o prefeito José Crespo e o arcebispo de Sorocaba, Dom Júlio Akamine, como uma forma de trazer aos fiéis a possibilidade participar efetivamente do tema proposto pela a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) a propor essa reflexão durante a Campanha da Fraternidade 2017.

“Temos a preocupação ambiental de proporcionar uma cidade mais bonita e arborizada aos cidadãos. Assim estamos dispostos a colaborar e apoiar as ações desenvolvidas que tenham por objetivo promover a consciência e reflexão ambiental, independente de qual denominação religiosa esteja realizando a ação”, declarou o prefeito durante o encontro com o arcebispo, em fevereiro.

Campanha da Fraternidade 2017

A preocupação ambiental levou a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) a propor essa reflexão durante a Campanha da Fraternidade 2017, com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação”.

“Para nós é uma honra participar de uma ação grandiosa como essa, pois Sorocaba está localizado na zona de transição entre dois grandes biomas brasileiros: a Mata Atlântica e o Cerrado, havendo predomínio do último em nosso município. Entendemos que a Campanha da Fraternidade é construída pela Igreja, mas segue para a sociedade e é o momento dos movimentos aproveitarem e abraçarem isso, independente de qual sejam seus credos”, afirma Jessé Loures, secretário de Meio Ambiente, Parques e Jardins.

Biomas de Sorocaba

Além da doação de mudas, a Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins realizou em algumas Paróquias, entre elas a Paróquia Santa Rita, na Vila Santana, palestras sobre Biomas de Sorocaba, com o objetivo de apresentar os Biomas predominantes no município e promover a sensibilização dos participantes sobre as agressões relativas a esses biomas, bem como o papel de cada indivíduo na contribuição da preservação da biodiversidade, contextualizando as informações à realidade local.

Em sua homilia, o Arcebispo reforçou a importância de conhecer os biomas para poder contemplar sua beleza e diversidade. “A Campanha da Fraternidade deseja fazer com que tomemos consciência de que nossa vida se dá nesse bioma, nesse ambiente e somos chamados a cultivar e a guardar a criação de Deus. Concretamente implica em uma relação de reciprocidade responsável entre os seres humanos e a natureza. Podemos utilizar tudo que ela nos dá para nossa sobrevivência, mas também temos que cuidar, não podemos entregar para as gerações futuras uma natureza devastada, desgastada”, concluiu Dom Julio.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios