Tags

A Secretaria da Saúde de Sorocaba adota o sistema de senhas para organizar o serviço de emissão de Certificados Internacionais de Vacinação contra a febre amarela a partir de segunda-feira (10).

No início do mês, a secretaria ampliou para três o número de postos de emissão do documento, que pode ser feita todos os dias da semana de maneira escalonada, mas como a demanda aumentou 150% nos últimos meses, mostrou-se necessário organizar os atendimentos por ordem de chegada.

Não haverá redução do atendimento, apenas uma melhor orientação a quem precisa do serviço.

Em janeiro, quando havia duas unidades credenciadas para a emissão, foram feitos 179 certificados, em fevereiro foram 292 e em março foram emitidos 448 documentos.

A partir de segunda-feira, serão distribuídas 25 senhas por dia na unidade onde o atendimento está disponível. Por semana, serão atendidas nas três unidades até 125 pessoas.

O documento é exigido para viagens internacionais para vários países. Para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) o sorocabano já vacinado precisa inicialmente fazer um cadastro no site http://www.anvisa.gov.br e depois comparecer a uma das três Unidades Básicas de Saúde (UBSs) indicadas.

Para o atendimento é preciso apresentar, além do cadastro prévio, um documento oficial com foto, comprovante de endereço e a carteirinha de vacinação convencional contendo a anotação da dose contra febre amarela aplicada e dentro do prazo de validade de dez anos.

O atendimento aos que necessitam do certificado é oferecido de segunda a sexta-feira. Na segunda-feira, a emissão é realizada na UBS da Vila Angélica, localizada na rua Major Silva Vilela, 27, das 10h às 12h.

Às terças e quartas-feiras, o interessado deve comparecer à UBS da Vila Hortência, das 14h às 16h, à rua Teodoro Kaisel, 677. Já às quintas e sextas, esse serviço é oferecido na UBS do Cerrado, das 11h às 13h, na Rua Visconde do Rio Branco, 885.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios