Tags

Enquanto os políticos que administram cidades, estados e países discutem projetos, aprovam medidas, realizam complexos planos de governo e definem a sorte de bilhões de pessoas no mundo inteiro, um grupo de estudantes aprende a transformar seu dia a dia por meio da política: na escola municipal Dr. Getúlio Vargas, em Sorocaba, as eleições para o Grêmio Estudantil estão movimentando a unidade e revelando grandes líderes.

Como nas campanhas eleitorais de verdade, mais de 100 alunos, organizados em 9 chapas, apresentam aos colegas as suas propostas de governo, participam de debates e disputam voto a voto a preferência de centenas de eleitores. As eleições para o Grêmio da escola municipal Getúlio Vargas acontecem nesta sexta-feira, 7 de abril, a partir das 8 horas da manhã. A chapa vencedora será empossada ainda neste mês e terá um mandato de um ano para pôr suas propostas em prática.

As propostas vão desde a realização de eventos com temas diversos, criação de um jornal e de uma rádio internos, palestras sobre temas polêmicos como bullying, corrupção e reforma da previdência, campanhas de conscientização e até sugestões de aulas mais interativas.

“Tivemos uma surpresa com o grande número de alunos interessados em participar da eleição; isso mostra uma vontade muito grande de participação e protagonismo por parte dos alunos, que também se tornam importantes colaboradores na tarefa de fazermos uma escola cada vez melhor para todos”, explica a professora Mara Deluna Bastos Borcsik, uma das coordenadoras do projeto.

Para a orientadora pedagógica da unidade, Thaís Helena Moraes, o Grêmio Estudantil dá aos alunos “voz e vez” para dialogar de outra forma com os professores e os colegas, por meio da discussão de questões importantes em sua rotina. “Dessa forma a gente transforma os conflitos normais da convivência em oportunidades de resgatar valores e criar soluções democráticas, em conjunto”, acredita a orientadora.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios