Tags

A Prefeitura de Sorocaba, por meio de sua Secretaria de Cultura e Turismo, está reunindo e incentivando os produtores de cerveja artesanal da região a organizarem um roteiro turístico da cerveja.

A região de Sorocaba concentra um dos mais importantes polos cervejeiros do interior paulista, com grande número de produtores, com marcas e estilos premiados nacional e internacionalmente.

Além de dar visibilidade à região, a indústria da cerveja artesanal movimenta um público qualificado e com alto poder aquisitivo, além de gerar emprego e renda em toda a sua escala produtiva; da produção nas microcervejarias aos consumidores nos diversos pontos de venda, o número de empregos gerados por essa indústria só tem crescido.

Com o objetivo de incentivar essa indústria que o Departamento de Turismo da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Sorocaba vem promovendo encontros entre os produtores locais. Conforme Luis Renato Bramante, diretor de turismo da Prefeitura de Sorocaba, “a exemplo da estrada do vinho em São Roque, temos a possibilidade de mapear as microcervejarias e constituir um roteiro para os apreciadores desse segmento, já vem muita gente para a região atrás das marcas que são produzidas aqui”.

A partir de junho, com o apoio da rede hoteleira, os turistas que vierem para Sorocaba terão a possibilidade de conhecer algumas das principais fábricas desse produto; a Bamberg e a Hoffen em Votorantim e a Happy Brew e a Burgman em Sorocaba, além do Cervejario, espaço comercial especializado em cervejas artesanais. A ideia está sendo formatada e o início das atividades do roteiro foi definido em reunião entre os representantes do Departamento de Turismo da Secretaria de Cultura e alguns dos principais mestres cervejeiros da região na manhã de desta segunda-feira (03) na Casa do Turista.

O roteiro deverá ser gradativamente ampliado absorvendo novos produtores e pontos de comercialização.

Para Bruno Cenci Antunes, da Happy Brew “estamos investindo em algo que vai além do aspecto comercial, passa pela cultura da cerveja e pela conscientização de que nosso público consumidor deve beber com qualidade, com moderação, assim estará consumindo melhor um produto que preza pela qualidade, não pelo excesso”.

Alexandre Bazzo, da Bamberg de Votorantim, já tem uma experiência consolidada em transformar sua cervejaria em ponto turístico e de encontro para os apreciadores da indústria da cerveja artesanal. Ele realiza mensalmente o projeto “Bebo Socialmente”, promovendo a cultura da cerveja e divulgando produtos artesanais em encontros concorridos. Agora, é dos mais entusiasmados em promover o roteiro da cerveja; “vamos divulgar cada vez mais a região com o roteiro e demonstrar que o que fazemos é de elevada qualidade”, “a região tem formado vários especialistas em cerveja e isso tem contribuído muito para a formatação desse roteiro”

Produção artesanal

Muitas das cervejarias artesanais primam pela utilização de apenas quatro elementos na fabricação dos seus produtos: água, malte, lúpulo e levedura. Isso garante, conforme os especialistas, maior qualidade das cervejas que não levam conservantes ou outros produtos artificiais para modificar as características dos produtos. A produção artesanal favorece a indústria local e gera emprego e renda nos locais onde é desenvolvida.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios