Tags

A proposta de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), e da completa reestruturação do complexo ferroviário em Sorocaba, anunciada pela Prefeitura esta semana, foi recebida com satisfação pelo presidente da Comissão Especial Sobre a Implantação do VLT em Sorocaba, o vereador Luis Santos (Pros).

A comissão, criada por Santos em 2015, contava com Anselmo Neto e Izídio de Brito, que foram substituídos na atual legislatura pelos vereadores JP Miranda (PSDB) e Hudson Pessini (PMDB). “No primeiro ano da comissão, viajamos para Cariri, no Ceará, para conhecer o funcionamento do sistema. Fomos ainda para a cidade cearense de Barbalha, onde está implantada uma fábrica dos trens”, lembra Santos.

O parlamentar explica que desde 2009 defende a instalação do VLT em Sorocaba, assunto discutido em reuniões e em audiências públicas. “Os veículos leves sobre trilhos, conhecidos pela sigla VLT, existem em inúmeras cidades do mundo e, comprovadamente, produzem benefícios muito significativos para a população”, afirma. Ainda segundo o vereador, esses veículos contribuem com a ordenação do tráfego urbano, reduzindo os níveis de poluição e melhorando a mobilidade urbana.

“O VLT atende, satisfatoriamente, as demandas urbanas de média capacidade e tem um custo de implantação, operação e manutenção bastante inferior ao dos metrôs e trens urbanos”, argumenta o vereador, que demonstra preocupação com o aumento da frota de veículos em Sorocaba e aponta o VLT como uma das soluções para o transporte de massa das médias e grandes cidades brasileiras, como é o caso de Sorocaba.

Por fim, Luis Santos anuncia que irá criar uma Comissão Especial para Acompanhar a Implantação de Trens Intercidades e Turísticos.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios