Tags

,

A comissão especial que debate a criação da Universidade Federal de Sorocaba, presidida pelo vereador Luis Santos (Pros), reuniu-se na manhã de segunda-feira, 27, com o presidente do Instituto Defenda Sorocaba, Sérgio Reze, acompanhado pelo jornalista Djalma Luiz Benette, assessor de comunicação, e Paulo Dirceu Dias, assessor técnico do instituto.

Os vereadores JP Miranda (PSDB) e Fausto Peres (PTN) também participaram do encontro, que contou com a presença do vereador licenciado Anselmo Neto (PSDB), secretário municipal de Relações Institucionais e Metropolitanas.

O vereador Luis Santos fez um balanço das atividades desenvolvidas pela comissão, na legislatura passada, da qual foi relator, tendo como presidente o então vereador Izídio de Brito (PT), além dos então vereadores Cláudio do Sorocaba I (PR), Waldecir Morelly (PRP), Helio Godoy (PRB) e Anselmo Neto (PSDB). A comissão chegou a visitar a Universidade Federal do Cariri, no sertão cearense, que foi criada a partir do desmembramento de um campus da Universidade Federal do Ceará.

O presidente do IDS defendeu a criação da Universidade Federal de Sorocaba, observando que uma cidade com o PIB de Sorocaba “não pode ficar dependente de outro município e merece ter sua própria universidade federal”. Para Sérgio Reze, Sorocaba precisa ter uma projeção política compatível com sua dimensão econômica e lembrou que, historicamente, isso nunca aconteceu: “Houve um tempo em que Sorocaba não tinha nem um ginásio estadual, mas Itapetininga, uma cidade bem menor, já tinha até faculdade, pelo fato de ser terra da família Prestes, que governou o Estado” – afirmou.

O vereador JP Miranda também se posicionou favoravelmente à criação da Universidade Federal de Sorocaba e, corroborando informação do vereador Luis Santos, afirmou que o deputado federal Vitor Lippi, seu colega de partido, também tem o mesmo posicionamento, por acreditar que esse é o momento de se levar a ideia adiante.

Por sua vez, o vereador Fausto Peres se colocou à disposição da comissão e da sociedade para debater o assunto com profundidade. O secretário Anselmo Neto também defendeu a criação da UFSor. Já o vereador Hudson Pessini (PMDB) se fez representar por um assessor.

Finalizando a reunião, realizada em seu gabinete, Luis Santos enfatizou que a criação da Região Metropolitana de Sorocaba, com cerca de 2 milhões de habitantes, conforme lembrou Anselmo Neto, torna ainda mais necessária a transformação do campus da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) em Universidade Federal de Sorocaba (UFSor), o que, no seu entender, pode ser feito de forma gradativa, sem prejudicar os alunos já matriculados na instituição.

Criada na atual legislatura mediante requerimento do vereador Luis Santos (Pros), a Comissão Especial de Estudos para a Criação da Universidade Federal de Sorocaba e Região, presidida por seu proponente, é composta pelos vereadores José Apolo (PSB), Fausto Peres (PTN), JP Miranda (PSDB) e Hudson Pessini (PMDB).

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios