Tags

Na manhã desta terça-feira (28) agentes da Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins com o apoio da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Urbes e Cetesb, realizaram blitze para fiscalização de emissão de ruído veicular em motocicletas nas regiões do Além Ponte e Árvore Grande. As blitze foram realizadas em três locais diferentes.

Das motos abordadas pela Polícia Militar, seis foram vistoriadas pela equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins. Destas, quatro foram autuadas por ruído acima do permitido e uma apreendida pela Polícia Militar. A multa ambiental é no valor de R$ 2.100,00.

Segundo o secretário Jessé Loures, com essa ação a Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins atende as constantes reclamações da população referentes a poluição sonora e cumprindo a Lei Municipal 11.367/2016

O motociclista Welington Roberto Rodrigues dos Santos, diz não ter ficado preocupado com a fiscalização em sua moto. “Sabia que estava dentro das especificações recomendadas. É importante ter essa fiscalização, pois têm motoqueiros que abusam demais e mexem nos escapamentos, atrapalhando o próprio piloto”, comentou.

Sorocaba é a primeira cidade do interior paulista que possui lei específica sobre a emissão de poluição sonora provocada por ruído de escapamento de veículos e equipamentos próprios para sua aferição.

“É uma iniciativa exemplar que certamente trará benefícios ambientais a médio e longo prazo. Entendo que outras cidades deveriam se espelhar na atuação ambiental que Sorocaba desenvolve, inclusive, quanto a poluição sonora de motocicletas”, declarou o tecnólogo da Cetesb de São Paulo, André Forcetto.

A poluição sonora é causada por sons que em determinado volume superam os níveis considerados normais para os seres humanos, podendo causar incômodo ou danos à saúde humana.

Visando controlar a poluição sonora no município, houve necessidade de estabelecer critérios específicos para diversas atividades geradoras de poluição sonora, incluindo emissões sonoras dos veículos que circulam nas vias públicas.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios