Tags

O vereador Hudson Pessini (PMDB) gastou o mínimo possível em seu gabinete durante o mês de fevereiro:  R$ 91,18, referente ao aluguel de máquina reprográfica – valor que 19 dos 20 vereadores também gastaram.

Em janeiro, Hudson teve o terceiro menor gasto, por conta de um abastecimento de combustível feito para levar o carro para revisão, sem que isso tivesse sido comunicado ao gabinete.

“Essa é uma promessa que fiz e vou mantê-la até o final do meu mandato. Para mim, isso é um modo de mostrar respeito à população que paga impostos com toda honestidade e muitas vezes, com dificuldade. Isso me deixa com a consciência absolutamente tranquila”, comenta Hudson.

Em contrapartida, a contenção de gastos em nada diminui a produção do gabinete, informa o vereador. Ele é o recordista no número de matérias apresentadas em 2017: foram 245, entre requerimentos, projetos de resolução, de lei ordinária, de emenda e de lei orgânica, além das indicações.  Caso se calcule o preço de cada matéria por conta dos gastos, seria de apenas R$ 1,31.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios