Tags

Preocupado com os cidadãos sorocabanos que estão desempregados a procura de uma nova oportunidade, o vereador Rafael Militão (PMDB) protocolou requerimento solicitando informações à Urbes – Trânsito e Transportes sobre a possibilidade de fornecer transporte gratuito para desempregados. Sorocaba perdeu 8.609 postos de trabalho em 2016.

De acordo com o vereador para ajudar os cidadãos na situação de desemprego em São Paulo, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e o Metrô oferecem um passe especial para quem foi demitido sem justa causa e está buscando uma nova oportunidade. “Esse benefício é oferecido em São Paulo por três meses e não renováveis”, coloca o parlamentar.

A medida beneficia quem está fora do mercado há, no mínimo, um mês e, no máximo, seis meses. “Esse período de três meses vai ajudar muito quem está a procura de uma nova oportunidade”, diz Militão.

O vereador sabe que a Urbes passa por dificuldades no seu caixa, mas é preciso ajudar essas pessoas. “Se não forem todos os beneficiados que seja apenas uma parcela de desempregados de Sorocaba.”

O cadastro no Metro e na CPTM é realizado mediante a apresentação do RG, CPF, carteira de trabalho com a baixa do último emprego e o último termo de rescisão de contrato de trabalho. “Acredito que desta maneira que é feito o cadastramento não existe a possibilidade de fraudes”, coloca fala o vereador.

Se não houver a possibilidade de oferecer o passe gratuitamente, que a Urbes apresente uma proposta que minimize o orçamento das pessoas que estão desempregadas. “Essas pessoas contam muitas vezes com a ajuda da família e de amigos. Um valor menor da tarifa que hoje é de R$ 4,10 também será um benefício”, acredita o vereador Militão.

O requerimento foi aprovado na sessão legislativa de terça-feira (14). O prazo para resposta, após recebimento do documento é de 15 dias.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios