Tags

Em 15 de março comemora-se o “Dia da Escola”. Enquanto especialistas no País inteiro apontam inúmeros motivos para questionar a data, Sorocaba celebra uma série de conquistas na área. Com cerca de 55 mil alunos em 148 unidades da pré-escola ao Ensino Fundamental, a Secretária da Educação mantém o ambicioso desafio de alfabetizar, até o final da gestão atual, 100% das crianças no 3° ano – hoje, apenas 50% dos alunos nessa fase são considerados alfabetizados.

Entre outras conquistas, Sorocaba é considerada uma cidade alfabetizadora. De acordo com o Censo de 2010, apenas 3,1% da população é considerada analfabeta. Ainda assim, Sorocaba mantém um programa de alfabetização de jovens e adultos com matrículas abertas durante o ano inteiro. Atualmente, centenas de alunos estão em processo de alfabetização em 10 escolas municipais.

Referência em educação especial

Sorocaba também é uma referência na chamada “Educação Especial”. Em seu Centro de Referência em Educação, a cidade mantém uma equipe de excelência, voltada para o estudo de novos programas e projetos em educação e também para o atendimento pedagógico de crianças com necessidades especiais.

Para aperfeiçoar cada vez mais o atendimento a seus alunos, a Secretaria da Educação também investe no estudo de parcerias que possibilitem a construção de novas unidades.

Em Sorocaba, a premissa de oferecer Educação para todos acontece em uma série de programas. Um deles é a “Classe Hospitalar”: por meio de um convênio exclusivo com o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil – GPACI, uma equipe de quatro professoras da rede pública municipal (duas para o Ensino Fundamental 1 e duas para Fundamental 2 e Ensino Médio) atendem diariamente as crianças hospitalizadas na instituição.

Na “Classe Hospitalar”, os alunos cumprem o conteúdo programático como se estivessem em sala de aula. Assim que o aluno é internado, as professoras contatam a escola em que ele está matriculado, iniciam o processo de articulação e prosseguem com o aprendizado.

Ensino Integral

Por meio de um fórum de debates que deve ser realizado nos próximos meses, a Secretaria da Educação reunirá todo o seu suporte pedagógico (diretores, vice-diretores, supervisores e orientadores pedagógicos) para construir, de forma colegiada, um novo modelo de Ensino em Tempo Integral. A partir das discussões e decisões tomadas em grupo nesse fórum, a Secretaria definirá a nova proposta de período integral para o próximo ano, num esforço de definir uma escola em tempo integral para um ser integral, incluindo tanto os alunos do período parcial quanto os do período integral em uma proposta pedagógica única, enriquecida, reforçando o caráter inclusivo da educação.

Com essas e inúmeras outras iniciativas, a Educação em Sorocaba se mantém tarefa prioritária, com desafios e conquistas que fazem do “Dia da Escola” um motivo de reflexão constante e, principalmente, de comemoração.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios