Tags

Um poço artesiano localizado em área residencial do Jardim Jatobá, na região do Éden, foi objeto de notificação do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo) devido à falta de outorga para seu funcionamento por parte do referido órgão.

O pedido de fiscalização do poço artesiano partiu do vereador Irineu Toledo (PRB), devido a constantes reclamações de moradores do bairro, especialmente os residentes nas proximidades do poço, situado na Rua Renato Gatti, em frente ao número 132.

Segundo informação da equipe técnica do DAEE, o poço artesiano foi vistoriado em 20 de fevereiro último, “quando foi constatada a existência de um poço tubular profundo, que não estava em atividade e no qual se iniciava a implantação de um empreendimento de transporte de água por caminhões-pipa pela empresa Transágua do Brasil Ltda”.

O DAAE informa, ainda, que, “em decorrência da falta de outorga, a empresa foi advertida por meio de autos de infração, com prazo de 30 dias para regularizar a situação”.

No ofício encaminhado pelo vereador ao DAEE, em 16 de fevereiro último, que motivou a advertência à empresa, Irineu Toledo (PRB) afirma que o poço artesiano, situado em área residencial, “está causando pânico nos moradores, já que sua caixa d’água tem aproximadamente 12 metros de altura”.

As carretas utilizadas na distribuição da água do poço são outro motivo de preocupação: “São várias carretas por dia, com uma carga muito pesada, o que danifica o asfalto pago pelos moradores” – afirma Irineu Toledo, que, após a notificação da empresa pelo DAEE, espera ver resolvido o problema, trazendo tranquilidade para os moradores do Jardim Jatobá.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios