Tags

Nesta sexta-feira (10) um debate exclusivo na Escola Municipal Leonor Pinto Thomaz discutiu o combate à violência contra a mulher e a necessidade de incluir o assunto em todos os meios, principalmente nas famílias.

O debate contou com a presença da vice-prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, e das secretárias da Educação, Marta Cassar, e da Igualdade e Assistência Social, Cíntia de Almeida.

No encontro, que encerrou a semana de eventos em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a vice-prefeita relembrou os casos trágicos de violência doméstica que acompanhou em sua trajetória como delegada de polícia. “Vi coisas que só se veem em filmes de terror e que acontecem sob os olhos fechados da sociedade. É preciso pensar: e se fosse comigo? Combater esses crimes começa em casa, nas conversas de todo dia e nas posturas que adotamos na vida”, alertou Jaqueline.

Assistida por uma plateia atenta de alunos e professores, Cíntia de Almeida destacou a estrutura de Sorocaba no combate à violência. “Temos o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, o Centro de Referência da Mulher, a Delegacia de Defesa da Mulher e muitos outros caminhos. É preciso manter presente a necessidade de repudiar a violência todos os dias, de todas as formas”, disse Cíntia.

Para a secretária da Educação, Marta Cassar, respeitar a diversidade é essencial. “Tudo começa no respeito às diferenças, somos todos diferentes e é preciso compreender e aceitar as características pessoais de cada um. Só assim teremos uma sociedade mais justa, igualitária e amorosa”.

Transmitido ao vivo pela página da Prefeitura de Sorocaba no Facebook, o debate teve até a tarde desta sexta-feira quase 2 mil visualizações.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios