Tags

O instituto CPFL fez nesta sexta-feira (03) a entrega simbólica de um cheque de R$ 365.600,00 ao Fundo Municipal do Idoso.

O valor vai fomentar o desenvolvimento de diagnóstico da situação do idoso em Sorocaba, o que servirá de suporte para a formulação de políticas públicas para esse segmento em âmbito municipal. Esse diagnóstico é necessário para a implementação e evolução do Projeto “Cidade para Todas as Idades”.

O projeto, desenvolvido através da parceria entre o Conselho do Idoso de Sorocaba, a CPFL Energia, a Secretaria de Cidadania e Participação Popular e a Secretaria de Igualdade e Assistência Social, bem como o meio acadêmico, articula toda a rede para o desenvolvimento de um conjunto de ações que possibilitarão ao município oferecer ao idoso melhorias em sua qualidade de vida através de dispositivos do poder público, com padrões internacionais em áreas como infraestrutura e convivência inclusiva.

Com metodologia referendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o projeto abre para o município a possibilidade de fazer parte de uma rede global de cidades amigas do idoso da qual participam atualmente 380 cidades em 37 países das Américas, Europa, Ásia e Oceania. Isso permite ao município compartilhar e trocar experiências sobre o tema, participar de fóruns globais de discussão e obter suporte técnico da OMS para o desenvolvimento dos seus projetos voltados ao envelhecimento ativo.

O Conselho Municipal do Idoso, que vai compor a comissão de diagnóstico, coordenará a execução do projeto que deve ser concluído dentro de um período de 18 meses. Essa ação será supervisionada pela Secretaria de Cidadania e Participação Popular da Prefeitura de Sorocaba.

Andréia Rodrigues Ferreira, do Instituto CPFL, disse que Sorocaba saiu na frente de cidades como Campinas. “Aqui encontramos condições de estabelecer essa importante parceria e logo vamos colher bons resultados juntos”, comentou.

“Precisamos de mais parceiros, de mais empresas que, assim como a CPFL, entendem a importância do desenvolvimento social e da participação nas ações da sociedade e do poder público auxiliando o crescimento do município”, reforçou o secretário de Cidadania e Participação Popular, Mário Bastos.

Programa CPFL de Apoio ao Conselho do Idoso

Visando ampliar o Programa de Incentivo Fiscal, a CPFL Energia realizou, em 2014, o primeiro repasse aos Conselhos Municipais dos Direitos do Idoso de Veranópolis (RS) e para Jaguariúna (SP), para dar início ao projeto piloto “Cidade para todas as Idades”. O projeto, que cria um município para todas as idades, foi concluído em Veranópolis que em 2016 entrou para a Rede Global da OMS. Em Jaguariúna o Projeto está avançado e a previsão é que ele seja concluído em dezembro de 2017.

Essas cidades, que fazem parte da área de concessão do Grupo CPFL, destacam-se pela estruturação do Conselho do Idoso e pelo histórico de estudos e ações voltadas ao envelhecimento ativo. Reconhecidas por oferecem um bom nível de qualidade de vida, essas localidades apresentam condições favoráveis para o desenvolvimento de projetos de longevidade.

Como resultado, a parceria entre Conselho Municipal do Idoso, Secretaria de Cidadania e Participação Popular e o Instituto CPFL, atenderá a necessidade da rede de atendimento ao idoso em situação de vulnerabilidade social e contribuirá para o fortalecimento das Políticas Públicas dos municípios.

A iniciativa tem aderência e relevância na transformação da realidade social do idoso, além de potencial para se tornar referência no Brasil. Nos últimos dois anos, o Grupo CPFL Energia direcionou aproximadamente R$ 6 milhões em recursos incentivados para projetos de responsabilidade social que beneficiam crianças e adolescentes, idosos, pessoas com câncer e com deficiência.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios