Tags

Na sexta-feira, 24/2, o secretário de Planejamento e Projetos de Sorocaba, Luiz Alberto Fioravante, recebeu em seu gabinete um grupo de empresários chineses com uma missão especial: iniciar um trabalho de aproximação que pode trazer à cidade uma das maiores fábricas ferroviárias do mundo, a Firmaco BFCY.

Integrante do Grupo NORINCO – China North Industries Group Corporation, a Firmaco BFCY é especializada na fabricação de vagões, componentes ferroviários e equipamentos bélicos blindados que vão desde veículos leves até tanques exportados para inúmeros países. Sua fábrica em Baotou, na China, ocupa uma área de 120 quilômetros quadrados, o equivalente a 1/3 da extensão territorial de Sorocaba, e emprega 24 mil funcionários com uma média salarial de 3.500 reais.

Estiveram na visita o diretor geral da empresa, Shan Zhipeng, e o diretor de Comércio Internacional, Fusen GAO, acompanhados por Guey Chien, diretor executivo do Consórcio Brasil China Desk e consultor especializado em facilitar a aproximação das companhias chinesas do mercado internacional.

“Neste momento em que a retomada do transporte ferroviário de passageiros e cargas é uma necessidade cada vez maior no Brasil, iniciar esse tipo de aproximação é um trabalho essencial”, explica Fioravante.
Na reunião com os chineses, o secretário apresentou em detalhes a malha ferroviária instalada em Sorocaba e sua possibilidade de conexão com o País inteiro.

Relação de confiança
A história de Luiz Alberto Fioravante com os chineses é antiga. Sua experiência como consultor empresarial o levou até a China há alguns anos, onde deu início a um sólido relacionamento com os empresários locais. “Quando se ganha a confiança deles, é para a vida toda”, diz.

Para Guey Chien, a visita superou todas as expectativas. “Gostamos muito da apresentação, Sorocaba é bem parecida com a nossa Baotou, na China, e temos muito o que fazer juntos”, diz. Localizada em uma região montanhosa a 750 quilômetros de Pequim, na Mongólia, a cidade se consolidou como um centro industrial e tem costumes bastante semelhantes aos do nosso município.

Com o projeto do VLT – Veículo Leve sobre Trilhos, que deve conectar toda a nossa região metropolitana e ligar Sorocaba a São Paulo em menos de uma hora, a visita dos empresários chineses é mais do que apropriada. A partir deste primeiro encontro, o secretário de Planejamento e Projetos espera estreitar cada vez mais a relação. “Sugeri a criação de um protocolo para avançarmos como cidades irmãs, e um dos próximos passos é estudar o local e os incentivos para a instalação da indústria em nosso município”, conta. Isso vai envolver a participação do prefeito José Crespo e um trabalho em conjunto com as Secretarias de Desenvolvimento Econômico, da Fazenda e da Habitação em um primeiro momento.

“Vamos trabalhar muito para que a parceria se concretize. Será bom para Sorocaba, para o Estado de São Paulo e para o Brasil”, conclui Fioravante.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios