Tags

A vereadora Fernanda Garcia (PSOL) votou, durante sessão legislativa da Câmara Municipal de Sorocaba desta terça-feira (21), contra ao novo projeto de lei que cria 52 cargos comissionados e à emenda apresentada pelo parlamentar Renan Santos (PCdoB).

O novo projeto, de autoria do prefeito José Crespo, tinha intenção de nomear 52 pessoas para ocuparem a função com salários de R$ 4,8 mil, sem a necessidade de uma formação em curso superior.

“Com a soma dos salários de 40 funcionários comissionados, por exemplo, a prefeitura poderia contratar 170 auxiliares de educação, assim não havendo a necessidade de escolas terem seus horários reduzidos”, explicou.

Sobre a emenda de Renan Santos (PCdoB), a vereadora do PSOL disse que não há sentido o projeto receber reparos, porque seu conteúdo é ruim para a população sorocabana. “Acredito que esse projeto deveria ser extinto, reprovado por todos os vereadores, e não receber emendas para um possível melhoramento, que não há como acontecer.”

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios