Tags

Quem pretende se divertir durante o Carnaval, seja nos eventos de rua ou nos clubes, não deve descuidar da prevenção contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs/Aids).

Em Sorocaba, equipes da Secretaria da Saúde estarão nos eventos públicos de carnaval, promovidos pela Secretaria de Cultura e Turismo para orientar os interessados, distribuir material informativo e preservativos.

Os materiais de prevenção e preservativos femininos e masculinos também estarão disponíveis aos interessados, sem qualquer burocracia para retirada, nas unidades de urgência e emergência da cidade, os Pronto Atendimentos e Unidades Pré-hospitalares, que funcionarão normalmente ao longo do Carnaval.

O Programa Municipal de DSTs/Aids também fez parcerias com o Grupo de Educação e Prevenção à Aids de Sorocaba (Gepaso) e com a ONG Pode Crer para ações durante o Carnaval. As atividades serão realizadas com voluntários dessas entidades nos locais que terão festejos carnavalescos. Essas equipes terão material fornecido pelo município para distribuir aos foliões e alertar sobre os cuidados preventivos.

A enfermeira Isis Câmara de Barros Teixeira, do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), unidade do Programa Municipal de DSTs/Aids de Sorocaba, explica que o preservativo deve ser utilizado em qualquer tipo de relação sexual, mesmo com parceiro conhecido e fixo. “Sabemos que durante o Carnaval aumentam muito os casos de sexo sem proteção”, salienta a enfermeira.

Por isso, explica Isis, nesta época são reforçadas as orientações para que todas as pessoas estejam atentas ao risco de contaminação. “Conhecer socialmente o parceiro não quer dizer que ele não tenha alguma doença. Ter um aspecto saudável também não dá garantia de proteção. Para se proteger, só com preservativo”, alerta.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios