Tags

, ,

Na manhã dessa terça-feira, o prefeito José Crespo e a vice Jaqueline Coutinho estiveram reunidos com 16 dos 20 vereadores sorocabanos no gabinete do prefeito no Paço Municipal.

Acompanhados dos secretários Hudson Zuliani, Eloy de Oliveira, Mário Marte Marinho Junior e Rodrigo Moreno, o prefeito expôs a importância que a reforma administrativa tem para dotar a administração pública de agilidade e modernidade. Reforçando que “nenhum direito dos servidores sofrerá interferência, não criaremos novas regras ou fórmulas e vamos preservar todas as conquistas da categoria”, o secretário de Saúde e futuro secretário de Recursos Humanos, Rodrigo Moreno, apontou que a nova engenharia de cargos e salários foi construída com respeito ao servidor e ao dinheiro público, gerando, inclusive, “ganho de até R$ 5 milhões por ano, se comparado ao governo anterior, R$ 20 milhões em quatro anos, que poderão ser usados de outras formas”.

A estrutura anterior, que vigorava na administração pública municipal até o ano passado, tinha 646 cargos classificados como “de confiança”, sendo que 214 eram de livre provimento, ou seja, podiam ser ocupados por pessoas que não eram necessariamente profissionais concursados, e mais 432 cargos de comando, que deveriam ser ocupados unicamente por servidores municipais concursados. Com a reforma, Crespo reduziu o número total de 646 para 581 cargos – cortando então 65 postos – sendo que, entre os de livre provimento ocorreu a redução de 214 para 163, com corte de 51 cargos; e, entre as funções privativas de profissionais concursados, deu-se a redução de 432 para 418, ou seja, eliminação de 14 cargos. Essas modificações têm forte impacto na economia de recursos públicos e da estrutura de atendimento e atenção que as secretarias darão aos cidadãos e suas demandas.

Crespo e Jaqueline pontuaram a independência entre os poderes e o respeito que o Executivo tem pelo Legislativo: “eu até há pouco tempo estive do outro lado, por isso respeito vocês como ninguém”, disse o prefeito.

Protocolado ontem na Câmara Municipal, a perspectiva é que o projeto de reforma administrativa seja votado nesta quinta-feira (12), em sessão extraordinária a partir das 10h.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias