Tags

Informações sobre a fila de espera por cirurgias de cataratas na rede pública de Sorocaba foram solicitadas ao Executivo pelo vereador Izídio de Brito (PT), por meio de requerimento aprovado na Câmara Municipal.

Segundo pacientes, que voltaram a levar o problema ao legislativo, as demoras no agendamento das intervenções são preocupantes principalmente por, na maioria dos casos, sequer receberem uma previsão. “Há casos que superam três anos de espera”, lamenta o parlamentar.

Entre os questionamentos feitos pelo presidente da Comissão de Saúde Pública da Câmara, estão o número atual de pessoas que aguardam pelo procedimento no município e quais medidas foram sendo tomadas para sanar o atual déficit.

Em reunião com a diretoria do  Banco de Olhos de Sorocaba em abril, o vereador foi informado que mais de 4.500 pessoas estavam na fila de esperado pelo agendamento. “Também

disseram que o programa do governo federal acabava com as filas de catarata, mas que, desde que a responsabilidade foi transferida para a Prefeitura há três anos, não anda mais”, conta o Izídio.

RECURSOS FEDERAIS

Também no requerimento, o vereador enfatiza que em julho de 2015 o Ministério da Saúde redefiniu a estratégia para ampliação dos Processos Eletivos de Média Complexidade do Sistema Único de Saúde (SUS). Sorocaba foi contemplada com 300 mil reais por ser Gestão Plena, enquanto o Governo do Estado recebeu recursos para mais de 600 cirurgias de catarata.

“Mais de um ano se passou e pelo visto a demanda para tais cirurgias de cataratas não recebeu tal investimento. Pelo contrário, só aumentou. Por isso também questionamos da prefeitura quantos procedimentos foram realizados com esses recursos”, finaliza Izídio, que aguarda a resposta do requerimento.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios