Tags

,

Mais da metade dos vereadores eleitos nestas eleições receberam uma votação expressiva em regiões da cidade que são considerados os seus redutos eleitorais.

Dos 20 parlamentares que irão compor a Câmara Municipal a partir do primeiro dia do ano de 2017, 11 deles conseguiram se eleger por convencer os eleitores de algumas localidades de Sorocaba em que moram, trabalham ou desenvolvem atividades sociais.

Bairrismo eleitoral – Um exemplo desse chamado bairrismo eleitoral pode ser constatado com a reeleição do vereador Fernando Dini (PMDB). Dos 7.727 votos obtidos, 4.299 vieram de eleitores que estão registrados da 342ª Zona Eleitoral, que compreende os bairros da Vila Hortência (foto), Vila Haro, Parada do Alto, Jardim Gutierres e Brigadeiro Tobias. Dini reside na Vila Hortência. Wanderley Diogo (PRP) é outro caso. Morador da região da Vila Sabiá, na zona leste, ele obteve um total de 3.086 votos, sendo que 2.392 vieram de eleitores daquela localidade.

No torniquete – O próximo prefeito de Sorocaba deverá contar com uma redução de R$ 37,7 milhões em repasses federais e estaduais, em relação ao previsto para este ano, segundo estimativa feita pelo secretário da Fazenda do município, Aurílio Caiado. Com isso, na avaliação do secretário, parte dos gastos continuados precisarão ser cobertos com receitas próprias, se elas também não apresentarem queda no decorrer do ano.

Dindim – E por falar em receitas e gastos, a terceira rodada de audiências públicas com os secretários municipais para discutir o projeto de lei n.º 225/2016, que estima o orçamento de Sorocaba para 2017, acontece hoje, às 9h, no plenário da Câmara. Serão ouvidos os secretários da Saúde, Aílton de Lima; Negócios Jurídicos, Maurício Jorge de Freitas; Serviços Públicos, Oduvaldo Denadai; Esportes e Lazer, Flávio Leandro Alves, e Parque Tecnológico, Rubens Hungria.

Estamos pensando! – Iniciando a segunda semana após o primeiro turno das eleições municipais, apenas o PT orientou seus militantes e eleitores de Glauber Piva a votar em Raul Marcelo à Prefeitura de Sorocaba, neste segundo turno. Tanto o PRB, de Hélio Godoy, como o PSDB, de João Leandro, estão em silêncio e, quando questionados, adotam discursos semelhantes, o de que ainda não definiram apoio.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios