Tags

Os servidores da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, que estão em greve desde o dia 23 de agosto último, estiveram presentes na Câmara Municipal de Sorocaba, durante a sessão ordinária desta terça-feira, 6, quando solicitaram o apoio dos vereadores à sua luta por melhores salários.

A servidora Carolina fez uso da tribuna para apresentar as reivindicações do movimento. Os servidores afirmam que estão sem reajuste salarial há três anos.

Os servidores da Defensoria Pública também pediram aos vereadores que apoiem o Projeto de Lei Complementar nº 58, que tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, prevendo a reposição inflacionária dos vencimentos dos defensores públicos e servidores da defensoria, bem como a fixação de data-base para fins de revisão dos vencimentos e proventos, além de criação de gratificações para os servidores do subquadro de apoio.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba