Tags

, ,

A Prefeitura de Sorocaba sofreu um desgaste ontem, ao tornar-se alvo de intensas críticas no Legislativo. Oito vereadores usaram a palavra na sessão ordinária da Câmara para pedir o retorno de Benedito da Silva Zanin ao comando da Guarda Civil Municipal de Sorocaba (GCM). Zanin (na foto de setembro de 2015, com o prefeito Antonio Carlos Pannunzio e o ex-secretário João Leandro) deixou a função anteontem, por decisão do prefeito, e em seu lugar assumiu Jefferson Klarosk.

“Ato nobre” – O presidente da Câmara, vereador José Francisco Martinez (PSDB), que é da base do governo, foi o primeiro a solicitar o retorno de Zanin ao comando da GCM e chegou a argumentar, dirigindo-se a Pannunzio, que rever uma decisão é um “ato nobre”. Também usaram a tribuna os vereadores Tonão Silvano (SDD), Pastor Apolo (PSB), Rodrigo Manga (DEM), Izídio de Brito (PT), Luís Santos (Pros), Gervino Cláudio Gonçalves (PR) e Wanderley Diogo (PRP).

Possível motivo –
Um integrante do governo informou à coluna que o Zanin foi exonerado do comando da GCM porque o Comitê de Otimização de Gasto Público (Cotim) deverá cortar as horas extras dos guardas civis municipais (GCMs). Zanin seria contrário à ideia. Vereadores, inclusive da base, também disseram que esse teria sido o motivo da substituição. Oficialmente, ninguém do governo fala. Na quarta, Pannunzio limitou-se a dizer que ele como prefeito tem a prerrogativa de nomear e exonerar, mas não revelou o motivo.

O prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), evitou comentar, durante entrevista à Cruzeiro FM 92,3, os motivos que o levaram a trocar o comando da Guarda Civil Municipal, afastando Benedito Zanin e confiando a função a Jefferson Klarosk. Pannunzio disse apenas o que todos sabem: que por exercer o cargo de prefeito, tem a prerrogativa de nomear e exonerar quem ele entender que deva ocupar eventual cargo na administração.

Magoado – Já Zanin, durante evento para a troca do comando, não escondeu o descontentamento e, nos bastidores, deixou claro que foi pego de surpresa com a decisão.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios