Tags

,

A Prefeitura de Sorocaba rescindiu contrato que mantinha com a empresa DSF Desenvolvimento de Sistema, cujo sócio é o titular da Secretaria de Planejamento, Finanças e Controle da cidade de Campo Grande (MS), Disney Fernandes.

No final do ano passado, Fernandes teria participado de uma reunião naquela cidade, em plena noite de sábado para domingo, cujo assunto, segundo a imprensa local, seria os problemas relacionados ao contrato do lixo. A reunião teve também a participação do secretário municipal da Fazenda de Sorocaba, Aurílio Sérgio Costa Caiado.

Na imprensa – Naquela ocasião, Caiado participou de reunião na Prefeitura da cidade sul-mato-grossense, segundo apuraram jornais daquela cidade, em que o tema principal teria sido a troca da empresa que atualmente presta serviço de lixo na cidade, com contrato até 2037. A empresa citada como eventual substituta seria o Consórcio Sorocaba Ambiental (CSA).

“Reunião secreta” – A reunião, conforme já noticiado em janeiro deste ano pelo Cruzeiro do Sul, aconteceu fora do horário comum de expediente e fora da agenda oficial do prefeito da cidade de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). O encontro, titulado pela imprensa do Mato Grosso do Sul como “reunião secreta”, teria terminado quase à meia-noite do sábado, dia 5 de dezembro. As informações foram publicadas pelos veículos Campo Grande News e Correio do Estado. Na ocasião, Caiado confirmou a reunião mas negou que o assunto teria sido o contrato do lixo daquela cidade e o CSA.

Amigavelmente – Somente nos últimos três anos, segundo apurado, a DSF já recebeu ao menos R$ 13,9 milhões da Secretaria da Fazenda de Sorocaba por contratos em andamento desde 2010. Cerca de R$ 4,5 milhões foram pagos no ano passado. De acordo com ato da Secretaria de Administração, o contrato com a DSF foi rescindido de forma amigável, mas o motivo não foi informado.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios