Tags

Na sessão desta terça-feira, 24, o presidente da Comissão de Habitação da Câmara, Helio Godoy (PRB), demonstrou indignação em relação ao atendimento aos cidadãos que estão procurando a Secretaria Municipal de Habitação para fazer o cadastro e participar sorteio de moradias remanescentes no Altos do Ipanema 2.

A Câmara decidiu criar uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito – para apurar os motivos que levaram a Prefeitura a fazer um novo cadastro.

Helio Godoy falou também sobre o requerimento em que solicita mais informações à Prefeitura sobre o assunto. Entre os questionamentos, Godoy quer saber se o Conselho de Habitação foi consultado e se aprovou a nova forma de cadastro, bem como o que vai ser feito com o cadastro anterior (feito pela Internet e nas Casas do Cidadão) e como ficará a situação das famílias que já tinham sido sorteadas e não foram chamadas para apresentar documentos. “Muitas pessoas estão nos procurando dizendo que foram sorteadas como suplentes, mas não receberam nenhuma convocação ou informação”, diz o parlamentar.

Para Helio Godoy, ainda que a Prefeitura argumente que a Caixa Federal exigiu um novo cadastro, poderia ter sido de forma mais organizada. “Este cadastro presencial foi feito às pressas e o resultado todos estamos vendo, com repercussão também na mídia nacional. Ao abrir as inscrições, a Prefeitura sabia que há milhares de famílias cadastradas que ainda não foram sorteadas. Seria de se esperar este grande afluxo de pessoas. O local deveria ser outro, como as Casas do Cidadão ou mesmo o Ginásio de Esportes, com a fixação de grandes cartazes informando os pré-requisitos para a inscrição. Infelizmente, isso não foi feito, o que acabou gerando, em vez de contentamento com a possibilidade de ser sorteado, muita reclamação e revolta, um sentimento de abandono pelo Poder Público para estes que sonham com a casa própria”, diz Godoy.

O parlamentar ressalta que a Comissão de Habitação e Regularização Fundiária, desde a sua criação, vem acompanhando todas as ações na área, tanto junto à Administração Municipal quanto em âmbito federal. “Recentemente, com o vereador Izídio de Brito (PT), estivemos em Brasília para tentar ajudar na liberação de recursos para a construção dos equipamentos públicos, como escolas e creches, que vão atender milhares de famílias a morar no Carandá e no Altos do Ipanema 2.”

Na semana passada, com a anuência dos demais membros da Comissão de Habitação (Izídio de Brito e Wanderley Diogo (PRP)), Godoy havia solicitado mais atenção da Prefeitura em relação às centenas de pessoas que procuraram a unidade descentralizada da Secretaria na Avenida Afonso Vergueiro. “Primeiro, solicitamos melhorais na infraestrutura (como máquinas copiadoras) e reforço na equipe de atendimento. Depois, enviamos ofício ao senhor prefeito solicitando prorrogação do prazo. De domingo para segunda, fomos acionados por munícipes inconformados com a falta de estrutura. Fomos novamente até lá e constatamos cenas deploráveis: Idosos, famílias inteiras com criança de colo passando a noite na chuva e no frio, sem saber se sua documentação estava correta, só para pegar uma senha para retornar outro dia. Tudo pela falta de orientação tão necessária para estas pessoas simples que procuram por moradia popular”, conclui o parlamentar.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios