Tags

O Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS) se consolida como cenário de pesquisa, desenvolvimento de novas tecnologias, inovação e principalmente, da criação de soluções que chegam para facilitar a vida das pessoas.

Por meio de sua incubadora Hubiz, o PTS abriga 14 empresas que contam com apoio integral para o desenvolvimento do projeto, patente e até a captação de recursos.

Entre as empresas incubadas no PTS está a sorocabana Tey, que trabalha no desenvolvimento de um aerogerador, capaz de transformar a energia eólica (obtida por um cata-vento), em energia elétrica. O equipamento é voltado ao público em geral e tem, inicialmente, capacidade para 5kW.

Os proprietários, o casal Emily e Estácio Terui, contam que a ideia surgiu em 2009, quando entrou em vigor a Resolução 482 da Agencia Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A medida permite que os pequenos consumidores instalem geradores em suas residências, podendo trocar a energia com a distribuidora local, reduzindo o valor da conta.

Os empresários ressaltam que o apoio do Parque Tecnológico, construído pela Prefeitura de Sorocaba em parceria com o Governo de São Paulo, em 2012, está sendo importante para que o projeto aconteça. “Dá visibilidade, abre muitas portas. As consultorias são muito proveitosas, principalmente as de projetos para recursos financeiros”, afirma Estácio.

Segundo o empresário, qualquer atividade que consome energia elétrica é um potencial usuário do equipamento no qual trabalha. “Praticamente todo ramo de atividade usa energia elétrica, desde um produtor rural até os consumidores residenciais, passando por atividades industriais, comerciais e públicas”, explica.

Apesar de o equipamento não suprir o consumo total de energia para uma residência, a geração é contínua. Mesmo quando não esteja consumindo energia, o aerogerador está gerando e enviando para rede: “Assim, a energia gerada vai ser abatida e você consegue um desconto na conta de energia”, prevê.

Terui explica que o aerogeradora Tey possui um eixo horizontal com gerador “direct drive” com ímãs permanentes que dispensa o uso de caixas de engrenagens multiplicadora, numa configuração robusta com vida útil mínima de 20 anos e que, praticamente, dispensa manutenção.

A Hubiz, incubadora do Parque Tecnológico oferece apoio à criação de negócios de alto impacto e inovação tecnológica de classe global, focada em preparar as empresas iniciantes a ingressarem competitivamente no mercado, potencializando assim suas oportunidades de sucesso. Confira o facebook da Hubiz: http://migre.me/sH8Xw

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias