Tags

A Comissão Especial criada na Câmara Municipal de Sorocaba para acompanhar e averiguar as denúncias de ilegalidades cometidas no Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, se reuniu na tarde desta quinta-feira (25) para avaliar as respostas do prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) aos pedidos de informações feitos via ofício e requerimento no final de 2015 e início de 2016.

“O que pudemos identificar foram incompatibilidades entre dados da Polícia Militar e do Zoológico, apontando que, muito provavelmente, irregularidades foram cometidas. Estamos cruzando dados e checando denúncias para chegar à verdade de diversas informações que recebemos e que dão conta de supostos desvios identificados no zoo”, diz o vereador Carlos Leite (PT), presidente da Comissão.

O vereador Marinho Marte (PPS), relator da Comissão, recebeu uma cópia dos documentos e também compartilhou uma série de informações com Leite, muitas das quais se referem a denúncias de possíveis desvios. Por motivo de segurança de denunciantes, algumas informações não poderão ser tornadas públicas nesse momento. Durante a reunião, os vereadores deliberaram por ouvir novas testemunhas.

A primeira reunião da Comissão Especial foi realizada no dia 17 de dezembro do ano passado, quando se decidiu por realizar uma série de questionamentos ao prefeito Antonio Carlos Pannunzio e à PM sobre o zoológico. Na ocasião, os vereadores ouviram membros do Conselho Municipal de Bem-Estar Animal, que transmitiu diversas informações à Comissão, e que deram a tônica inicial das investigações.

A possibilidade de instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito foi cogitada na reunião, como possível desdobramento das investigações da Comissão Especial, caso pessoas sejam convidadas a prestar depoimento, mas se neguem.

Pesam sobre funcionários da Prefeitura a denúncia de uso indevido de animais do Zoológico em festas particulares, bem como realização de cursos a custos altos nas dependências do Parque, sem autorização oficial da Prefeitura. Também existem denúncias de extravio de animais.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios