Tags

,

Metade dos vereadores da Câmara de Sorocaba, ou seja, dez deles, teve o registro de multas aplicadas em seus veículos oficiais por conta de infrações cometidas no trânsito no ano passado, seja por eles próprios ou por alguns de seus assessores comissionados.

Em 2015 foram 21 multas, número maior que o registrado em 2014, que foi de 15 infrações. A maioria foi por dirigir acima do limite de velocidade permitido e registrada por radar.

Um terço – Das 21 multas cometidas no ano passado, sete foram aplicadas no veículo oficial usado pelo gabinete do vereador Hélio Godoy (PRB).

O carro oficial que aparece em segundo lugar em número de multas é o utilizado pelo pastor Luis Santos (Pros), com três. Em seguida vem Muri de Brigadeiro (PRP), com duas.

Já Caldini Crespo (DEM), Irineu Toledo (PRB), Neusa Maldonado (PSDB), Carlos Leite (PT) Wanderley Diogo (PRB) e Waldecir Morelli (PRB), receberam uma multa cada.

Em três vezes – A Câmara informou que uma resolução de 2012 estabelece as notificações de trânsito em nome da Câmara de Sorocaba deverão ser “imediatamente” encaminhadas ao setor de Recursos Humanos para identificação do condutor, para eventual recurso.

Ainda de acordo com o Legislativo, a Câmara pagará a multa, cujo valor será descontado em folha de pagamento do condutor responsável, podendo ser parcelado em até três vezes.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios