Tags

A Zona Norte de Sorocaba ganhará uma base do Corpo de Bombeiros. Na manhã desta segunda-feira (28), o prefeito Antonio Carlos Pannunzio assinou convênio com a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 1 milhão, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Vitor Lippi. A Prefeitura de Sorocaba vai doar a área para construção e oferecerá uma contrapartida de R$ 164 mil.

O prefeito Antonio Carlos Pannunzio disse que é uma conquista importante para cidade. “A Zona Norte está crescendo e temos a nova Zona Industrial na região. O atendimento rápido em certas situações pode ser decisivo”, avaliou Pannunzio.

A nova base do Corpo de Bombeiros vai ficar na esquina da rua Yara de Abreu com avenida Itavuvu, no Jardim Hebert de Souza. “Vai atender todas a necessidades de uma região que conta com mais de 250 mil habitantes”, disse o prefeito.

Ao falar sobre sua emenda, o deputado federal Vitor Lippi explicou que foram avaliados quais os equipamentos públicos ainda necessários para Zona Norte de Sorocaba e uma unidade do Corpo de Bombeiros era uma delas. “É uma zona de expansão, estratégica e fundamental para o futuro da cidade. Chegamos à conclusão da destinação da emenda para isso”, comentou.

Outro fato apontado pelo parlamentar é que grande parte do atendimento realizado pelo Corpo de Bombeiros acontece na Zona Norte da cidade. “É uma estrutura necessária para se ter uma resposta mais rápida ao atendimento da ocorrências”, acrescentou Lippi.

Segundo o comandante do 15º Grupamento do Corpo de Bombeiros, major Miguel Ângelo de Campos, o local poderá ser usado também pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), o que agregaria mais um serviço ao espaço: “seria um serviço a mais para população da região”, explicou o major Miguel.

A nova unidade do Corpo de Bombeiros também será apenas operacional, um novo padrão de quartel onde as viaturas ficam no local e saem para atendimento. “Não existe a parte administrativa”, explicou o major Miguel.

Após o término da licitação e emissão da ordem de serviço, o prazo para o término da obra é de oito meses.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias