Tags

,

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), analisou 38 recursos de pais ou responsáveis, cujos filhos não foram contemplados com bolsas parciais de estudos para escolas de Educação Especial conveniadas com o município. Após essa análise, os beneficiados somam 135, atingindo o número total de bolsas.

A princípio a Comissão Especial composta por um representante do Conselho Municipal de Educação e quatro representantes da Secretaria da Educação, sendo, obrigatoriamente, dois profissionais da área de Assistência Social atuantes no Centro de Referência em Educação, avaliou 146 pedidos de concessão de bolsas. Para o Instituto de Educação Especial Clave de Sol haviam 86 inscritos e 62 contemplados.

Já a Fundação Melanie Klein de Educação Especial recebeu sessenta inscrições e 46 foram beneficiados na primeira análise. Essa mesma Comissão Especial analisou o recursos apresentados pelos pais os responsáveis.

Pedidos de recursos

O Instituto de Educação Especial Clave de Sol recebeu 24 solicitações para avaliação e a Fundação Melanie Klein de Educação Especial, 14 pedidos. A Comissão Especial deferiu 18 pedidos para o Instituto de Educação Especial Clave de Sol, sendo que duas crianças ficaram como suplentes e quatro solicitações foram indeferidas.

No caso da Fundação Melanie Klein de Educação Especial, nove pedidos foram deferidos, dois pedidos ficaram na suplência e três indeferidos.

As bolsas de estudos concedidas pela Administração Municipal correspondem até o limite de 50% do total de alunos matriculados nas escolas de Educação Especial no ano de 2015. O benefício está sendo concedido aos alunos que comprovaram carência de recursos financeiros. Neste ano, a Prefeitura de Sorocaba repassou às duas unidades escolares foi de R$ 1.029.335,40.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios