Tags

A implantação das câmeras de videomonitoramento na malha cicloviária da Avenida Dom Aguirre, realizada pela Prefeitura de Sorocaba, completou um mês, na última quinta-feira (10). Desde então, mais sensação de segurança para os que utilizam o espaço para pedalar, caminhar ou correr.

“Gosto muito de pedalar com a minha família aqui na ciclovia e depois que as câmeras foram instaladas, me sinto bastante segura”, conta a dona de casa Ana Paula Nunes, 34 anos. Nesta sexta-feira (11), ela aproveitou a manhã para pedalar, juntamente com o marido, o supervisor de produção, Jair Mariano, de 40, e os filhos Pedro Júlio, de 10, e Luiza, de um ano e oito meses.

Mariano conta que a família reside no Jardim Iguatemi. “Pra nós, é muito importante saber que estamos sendo monitorados enquanto pedalamos por aqui, pois acompanhava as notícias e via que estava se tornando um risco”, comenta. Ele disse ainda que ultimamente, tem frequentado a ciclovia até na parte da noite.

O trecho que recebeu nove câmeras de movimentação horizontal de 360°, vertical de 90° e um zoom de trinta vezes está entre a Avenida Juvenal de Campos e a rua João Ribeiro de Barros, na região do Parque das Águas. Com isso, o trecho de 9 quilômetros de pista passa a contar com 19 equipamentos.

Todo o sistema é controlado pela Guarda Civil Municipal (GCM), que também faz o espelhamento das imagens para a Polícia Militar. Para o subcomandante, Gilmar Ezequiel Souza Oliveira, durante esse período não foi registrado nenhum caso ilícito pela via. “Percebemos que o monitoramento aumentou a sensação de segurança e as pessoas estão cada vez mais utilizando o espaço”, disse.

Oliveira destaca ainda a importância das pessoas procurarem fazer o passeio sempre acompanhados e evitarem locais escuros e ermos. Outra orientação é que, ao utilizar as ciclovias, o ciclista evite o uso de celulares. “Mesmo com o fato de estarmos monitorando, é importante que as pessoas evitem a exposição”, conclui.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias