Tags

,

A reestruturação do ensino estadual será discutida por professores, estudantes, governo e interessados em audiência pública nesta sexta-feira, dia 6, às 9 horas, na Câmara Municipal de Sorocaba. A iniciativa da discussão é do vereador Izídio de Brito (PT).

Em parceria com a diretoria estadual do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo – Apeoesp, o debate tratará dos impactos da proposta do governador Geraldo Alckmin (PSDB) em Sorocaba e região. O projeto de lei que instituí o Plano Estadual de Educação (PEE), em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, prevê entre outras ações o fechamento de escolas estaduais e a transformação de unidades em ciclo único.

Foram convidados para a audiência pública o secretário estadual de educação, Herman Voorward; o secretário municipal de educação, Flaviano Agostinho; os deputados estaduais da região; a deputada Rita Passos, presidente da Comissão de Educação na Assembleia Legislativa, entre outros órgãos e movimentos organizados.

Segundo o vereador Izídio, a intenção da audiência é debater junto da sociedade os impactos que os alunos, famílias e professores sofrerão com a reorganização proposta pelo governo estadual na Região Metropolitana de Sorocaba.

No último dia 28, foi anunciado pela secretaria estadual de educação que cinco escolas serão fechadas em Sorocaba na reeestruturação: a Flávio Gagliardi, Jardim Saira; Mario Guilherme Notari, Jardim Luciana Maria; Dorival Dias de Carvalho, Vila Angélica; Elza Salvestro Bonilha, Jardim Itangua; e Salvador Ortega Fernandes, Jardim Santa Cecília. No total, o Estado de São Paulo deverá fechar 94 escolas e transformar em ciclo único 752 unidades, segundo o anúncio feito pelo governo estadual na semana passada.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios