Tags

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), contabilizou 1.414 inscrições para vagas na Pré-Escola. São 1.165 inscritos para o chamado Pré-I e 249 para o Pré-II.

No dia 11 de novembro, a Sedu vai informar as unidades escolares e a relação de alunos contemplados para efetivação da matrícula. Já no dia 16 de novembro, os pais ou responsáveis deverão comparecer à escola onde foi feita a inscrição para confirmar a disponibilização da vaga.

Os contemplados deverão efetuar a matrícula nos dias 16, 17 e 18 de novembro na mesma escola onde fizeram inscrição, sendo exigida a apresentação de uma série de documentos (veja abaixo). A imprecisão das afirmativas ou irregularidades de documentos apresentados, ainda que verificados posteriormente pela Sedu, acarretarão na nulidade do cadastramento, ou seja, a criança perde a vaga.

Cabe à instituição educacional conferir e validar a documentação do aluno apresentada na matrícula. O atendimento respeitou as seguintes idades: Pré-I (nascidos entre abril de 2011 e março de 2012) e Pré-II (nascidos entre abril de 2010 e março de 2011).

Quando abriu o período de inscrições, a Sedu disponibilizou 1.800 vagas. Esse número deve ser atingido em 2016, já que – devido a Lei Federal de nº 12.796 de 04/04/2013 – todas as crianças com idade para o Pré-I e Pré-II devem ser atendidas pela rede municipal. Os pedidos de transferência serão disponibilizados a partir de fevereiro de 2016.

Atualmente, 6.154 crianças estão matriculadas no Pré-I e no Pré-II, 6.297.

Serviço

No ato da matrícula, os pais ou responsáveis legais deverão preencher formulário específico, constando dados e informações pessoais, e entregar na instituição educacional uma foto 3X4 da criança e cópias, acompanhadas dos respectivos originais, dos seguintes documentos:

I – Certidão de nascimento da criança;

II – Comprovante residencial atualizado, em nome dos pais ou responsáveis legais;

III – Carteira de Vacinação atualizada;

IV – Documento oficial com foto dos pais ou responsáveis legais;

V – Comprovante judicial de guarda, se for o caso;

VI – Cartão do SUS da criança;

VII – Protocolo de inscrição;

VIII – Histórico escolar ou declaração de escolaridade da instituição educacional de origem, quando de outro município, estado ou país.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias