Tags

,

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Serviços Públicos (Serp), firmou novo convênio com a Cooperativa de Reciclagem Reviver. Com isso, assegura a continuidade dos trabalhos de coleta de resíduos eletrônicos, em parceria com a Cooperativa Catares, e encaminhamento ao Núcleo de Gerenciamento de Resíduos, que faz a reciclagem desse tipo de resíduos.

O trabalho do Núcleo, sediado no Jardim Iguatemi, evita que cerca de 25 toneladas de eletrônicos sejam descartados no meio ambiente mensalmente.

Pelo novo acordo, a Prefeitura cede o galpão onde funciona o Núcleo e onde é realizado o trabalho de reciclagem, além de caminhões, equipamentos para prensagem e materiais, somando aproximadamente R$ 630.000,00 pelo período de um ano. “Renovamos o convênio para garantir a continuidade desse importante trabalho. São toneladas de lixos eletrônicos que poderiam causar sérios danos ao meio ambiente e que, agora, estão tendo uma destinação correta. E o que é mais importante: geram renda a dezenas de trabalhadores que atuam nas cooperativas”, explica o secretário Oduvaldo Denadai.

Conforme destaca Julio Cesar Andrade, responsável pelo Núcleo, entre os materiais doados pelas empresas parceiras e os que são levados pelos sorocabanos, mensalmente são reciclados no local uma media de 25 toneladas de resíduos eletrônicos. São geladeiras, lavadouras, TVs, rádios e todo tipo de produto que pode ser ligado à energia elétrica.

Quando chega ao Núcleo, o material é desmontado, selecionado e classificado. O que pode ser reciclado, como por exemplo TVs, fios de cobre, placas de circuito impresso e plásticos, vai para reciclagem. Quando se trata de aparelhos que têm tubos de vidro – que contêm chumbo e fósforo, materiais altamente contaminantes -, os mesmos são encaminhados para o aterro especifico. “É material contaminante que tem de ser retirado do meio ambiente”, explica Andrade.

A Receita Federal e a Polícia Civil de Sorocaba também são parceiros do Núcleo, destinando periodicamente produtos eletrônicos apreendidos e fruto de contrabando, que são inutilizados e destinados a reciclagem. As empresas de médio e grande porte que possuem equipamentos eletrônicos para descarte também podem telefonar que o próprio Núcleo irá recolher os aparelhos, fornecendo inclusive, um laudo técnico de recebimento.

As Casas do Cidadão e os terminais de ônibus da cidade também são postos de coleta de pilhas e baterias. Quem tiver um computador velho, um ventilador sem uso ou ainda uma televisão sem funcionar pode levá-los até o Núcleo de Resíduos Eletroeletrônicos ou verificar se o caminhão da coleta seletiva passa pelo seu bairro.

O material reciclado é recolhido por empresas homologadas para recepção e manipulação desses produtos. A renda obtida pelos materiais comercializados com empresas especializadas é dividida entre os trabalhadores que atuam no Núcleo, resultando numa renda mensal de aproximadamente R$ 1.360,00 para cada um. O Núcleo de Gerenciamento de Resíduos está localizado à Rua Ourinhos, 241 – Jardim Iguatemi. O telefone para contato é 3325-5961.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios