Tags

, ,

A Prefeitura de Sorocaba terá de devolver aos cofres estaduais R$ 1.015.513,60 relativo a irregularidades apontadas pela fiscalização do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, que já notificou o atual prefeito, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), para que a devolução seja feita. A ação foi publicada no “Diário Oficial” do Estado de São Paulo na última quinta-feira (9).

Segundo o documento, as irregularidades foram encontradas na prestação de contas da Prefeitura de 2009, quando o prefeito de Sorocaba ainda era Vitor Lippi (PSDB), atual deputado federal. O secretário de planejamento do Estado na época, Francisco Vidal Luna, e o atual secretário, Marcos Antônio Monteiro, também foram citados.

O despacho determinou à Prefeitura o prazo de 15 dias, após ser notificada, para devolver o dinheiro ou apresentar justificativas que entenderem ser cabíveis relativamente aos apontamentos da fiscalização do Tribunal de Contas. No mesmo prazo, os responsáveis pela pasta também devem apresentar documentação necessária e justificativas pertinentes, sob pena de julgamento do processo no estado atual da instrução.

Por meio de nota, o deputado Vitor Lippi informou que ainda não tem muitas informações sobre o assunto e que hoje estará no Tribunal de Contas de São Paulo para tirar uma cópia do documento. Segundo ele, trata-se de um convênio com o Governo do Estado e que alguma informação precisa ser regularizada nos próximos dias.

“De qualquer forma, sabemos que o caso ainda não foi julgado, está no prazo para a regularização”, afirmou. Também questionada sobre o assunto, a Prefeitura não se manifestou até o fechamento desta edição.

Fonte: Jornal Diário de Sorocaba

Anúncios