Tags

Dentre as atividades que marcam a realização da 2ª Semana do Bebê – “Todos juntos pela Primeira Infância”, profissionais da área de enfermagem da Policlínica de Especialidades participaram na manhã desta quarta-feira (17) de uma palestra sobre os Benefícios da Acupuntura na Primeira Infância.

Com a participação de quinze enfermeiros e auxiliares, o evento apresentou as técnicas que serão aplicadas, a partir do mês de julho, em cinco pacientes do Programa Recém Nascido de Risco. Selecionados pelos neonatologistas da unidade, os pequenos passarão a usufruir da acupuntura para a busca de melhoria dos quadros clínicos e emocional.

Segundo a enfermeira acupunturista, Fátima Rosa, a técnica oferece alívio para diversos sintomas possibilitando ao paciente uma melhor condição de vida. “Na maioria dos casos, essas crianças sofrem de algum distúrbio neurológico ou síndrome que as limitam. E a ideia é colaborar para que se sintam melhores”, explica.

A acupuntura na rede municipal de Saúde é uma novidade, mas não é inédita. Na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Parque Vitória Régia algumas crianças já se beneficiam do método para alívio de sintomas como alergias, insuficiência respiratória, agitação ou letargia.

O método, na maioria dos casos, utiliza sementes para estimulação dos meridianos (canais de energia) para que os sistemas de defesa do organismo funcionem melhor. Os meridianos estão relacionados aos órgãos e ao funcionamento corporal.

Segundo Fátima, há casos em que são usadas agulhas na prática, mas de modo geral a acupuntura não dói. Ela pode causar certo desconforto que, conforme o tempo, vai diminuindo até sumir. É importante que as mães também se mantenham calmas, pois algumas ainda há algum tipo de receio de que as crianças possam sentir dor.

A acupuntura é uma terapia milenar chinesa que, basicamente, se traduz na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo tomando-se por base o prognóstico das doenças físicas e emocionais.

Nas crianças é comum o uso de sementes de mostarda, de urucum, de grãos de alfazema ou do stiper, uma pastilha de celulose com dióxido de silício desenvolvida na Espanha, na década de 90, em substituição a aplicação tradicional das agulhas. Além da acupuntura auricular, que consiste na aplicação dos agentes em determinados pontos da orelha, a terapia pode ser aplicada em pontos como a testa, o peito e as pernas, por exemplo.

A 2ª Semana do Bebê continua até o dia 21 por meio de atividades como oficinas, cursos e palestras direcionadas, principalmente, às mães. Ações artístico-culturais também compõem a agenda do programa que é organizado e coordenado pelo Comitê Municipal pela Primeira Infância, integrado pelas secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes), de Educação (Sedu), de Esportes (Semes), de Cultura (Secult), de Saúde (SES), de Meio Ambiente (Sema), do Fundo Social de Solidariedade (FSS), CMDCA – Coordenadoria da Criança e do Adolescente, CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, das Entidades de Atendimento a Crianças com Deficiência, dos Serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, das Instituições de Ensino Superior e do Conselho Tutelar.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios