Tags

Os membros da Comissão de Ciência e Tecnologia, presidida pelo vereador Muri de Brigadeiro (PRP) e composta pelos vereadores Izídio de Brito Correia (PT) e Hélio Godoy (PSD), realizaram uma visita técnica ao Parque Tecnológico de Sorocaba, na segunda-feira, 4, quando foram recebidos pelos diretores do Parque Tecnológico: Flaviano Agostinho de Lima (presidente), Rodrigo Mendes (Ciência e Tecnologia); Pedro Ângelo Vial (CEO da Inova) e Mario Tanigawa (Operações Técnicas).

Flaviano Agostinho de Lima informou aos vereadores que há 181 pessoas trabalhando no Parque e que os investimentos já chegam a 11 milhões de reais. Destacou a instalação do laboratório da Scania e da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), o primeiro de pesquisa da indústria de caminhões no Parque Tecnológico.

O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara, vereador Muri de Brigadeiro falou da possibilidade de ser utilizada a Semana Municipal de Ciência e Tecnologia para divulgar para população e estudantes o trabalho do parque. O parlamentar também sugere que sejam realizados cursos, em parceria com o poder público, voltados à programação de computador para crianças, ajudando a despertar a curiosidade e o interesse por esta área.

O vereador Izídio de Brito comentou que, apesar do atraso que o Brasil vive em termos de investimento tecnológico em relação aos outros países, em torno de 1,5% do PIB, Sorocaba não perdeu a oportunidade de acompanhar este novo ciclo tecnológico e com bons resultados em pouco tempo. O parlamentar sugeriu uma melhor divulgação do Laboratório de Engenharia Computacional, que pode ser compartilhado por micro e pequenas empresas. Izídio de Brito afirmou também a importância de fazer intercâmbio com todos os continentes.

Hélio Godoy destacou que, além de estar atraindo grandes empresas e investimentos para a cidade em projetos, o Parque Tecnológico também deve se aproximar mais de órgãos públicos, como o Saae e a Urbes, por exemplo, para ajudá-los a melhorar seus serviços através da tecnologia.

Os vereadores também cobraram uma melhor divulgação da autarquia. Por sua vez, Flaviano Agostinho de Lima informou que o Parque Tecnológico recebeu 5 mil alunos no ano passado e que, para 2015, a expectativa é que receba 30 mil. Destacou, ainda, que a participação da Câmara Municipal é de grande importância para contribuir com o avanço tecnológico de Sorocaba.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios